PUB
Covid-19: Taipas Termal recorre ao lay-off para “salvaguardar liquidez”
Covid-19: Taipas Termal recorre ao lay-off para “salvaguardar liquidez”
Quarta-feira, Abril 8, 2020

A Cooperativa Taipas Termal recorreu ao sistema de lay-off simplificado proposto pelo governo no âmbito da pandemia Covid-19, para fazer face aos problemas inerentes à suspensão das suas atividades e, dessa forma, “salvaguardar liquidez e conseguir a pagar salários nos próximos meses”.

Recorde-se que a Taipas Termal encerrou os tratamentos no balneário termal no dia 11 de março, alargando depois a medida aos tratamentos na Clínica Médica de Saúde. Com uma quebra abrupta nas receitas, 37 colaboradores da cooperativa foram colocados em regime de lay-off, segundo confirmou o presidente da cooperativa, José Maia, ao Reflexo.

“Os nossos serviços tratam-se de tratamentos que exigem contacto direto e no caso da ala termal faz-se num ambiente de abundante vapor de água, o que favorece a propagação do vírus. Antes das diretrizes da Direção Geral de Saúde (DGS) começámos a não ter utentes. Mesmo a própria DGS solicitou a libertação das pessoas da saúde para serem canalizadas para outras áreas de emergência. Ou seja, fechámos mas já poucas pessoas aqui vinham, porque começaram a cancelar os tratamentos, dado o pânico instalado”, refere José Maia.

Este cenário levou então a que o lay-off fosse visto como uma alternativa. “Face a esta incerteza que vivemos, mesmo tendo a certeza que tivemos já um mês sem qualquer faturação e sabendo que teremos outro igual pela frente, perspetivando desde já também um regresso lento à normalidade, perante este instrumento que foi disponibilizado decidimos usa-lo para salvaguardar a nossa liquidez e conseguir a pagar salários nos próximos meses”, sustenta.

O atual líder máximo da cooperativa dá ainda conta de a Taipas Termal foi a primeira cooperativa municipal a recorrer a este instrumento, mas mostra-se convicto, após reunião com os vários presidentes das cooperativas municipais, que outras seguirão o mesmo caminho.

Para além da atividade normal, a Taipas Termal viu-se na contingência de adiar a apresentação da Animação Cultural dos Banhos Velhos, estando a própria agenda do evento em equação.

De forma a acompanhar os seus utentes, a cooperativa disponibiliza guias de recuperação em casa em formato textual e de vídeo. Para assegurar tal apoio domiciliário a Taipas Termal contactou todos os utentes, para aferir a melhor forma de atuação.