PUB
Covid-19: Taipas a meio gás entre o estado de alerta e o estado de emergência
Covid-19: Taipas a meio gás entre o estado de alerta e o estado de emergência
Bruno José Ferreira
Segunda-feira, Março 16, 2020

A Vila das Taipas tem estado a meio gás esta segunda-feira, com vários serviços encerrados ou a funcionar de forma limitada quando se prevê que a pandemia relativa ao novo coronavírus possa atingir exponencialmente picos de contágio, que obriguem a medidas preventivas ainda mais austeras.

Tal como estava já decretado, a feira semanal, que se deveria realizar esta segunda-feira, encontra-se suspensa, estando o recinto completamente vazio, apenas com as placas de aviso.

Medida adotada pela Junta de Freguesia de Caldelas, seguindo as diretrizes da Câmara Municipal de Guimarães, os parques infantis e os equipamentos desportivos e de lazer encontram-se vedados por fitas da Proteção Civil que anunciam que a área em questão é “restrita”.

A nível de serviços, as farmácias encontram-se em funcionamento, mas seguindo medidas preventivas: o atendimento é feito por postigo, sendo que a fila é organizada no lado de fora do estabelecimento e com o devido distanciamento entre as pessoas. Situação similar à que se vive no Posto de Correios, em que apenas as pessoas que estão a ser atendidas têm acesso ao interior.

O caudal de movimento nas principais artérias da vila é notoriamente mais reduzido, sendo que as maiores dúvidas centram-se na restauração, comércio e serviços particulares. Vários estabelecimentos encontram-se encerrados e outros funcionam com normas específicas. Apesar de estarem montadas as esplanadas têm afluência muito reduzida.

Recorde-se que o país está em estado de alerta, mas entre as principais entidades decisórias pondera-se a declaração do estado de emergência. Nas comunicações proferidas este domingo pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e pelo Primeiro Ministro, António Costa, ficou patente  que quarta-feira esse tema será debatido em Conselho de Estado.

Todas as notícias do Reflexo sobre o Covid-19.

Fotos: