PUB
Covid-19: sete casos positivos na Casa da Sagrada Família em São Clemente evacuados para o Seminário do Verbo Divino
Covid-19: sete casos positivos na Casa da Sagrada Família em São Clemente evacuados para o Seminário do Verbo Divino
Terça-feira, Maio 5, 2020

Seis irmãs freiras e um funcionário da Casa da Sagrada Família, em Sande São Clemente, testaram positivo à Covid-19, o que levou a que se montasse uma operação de retirada das infetadas desta instituição pertencente à Congregação do Sagrado Coração de Maria.

Os testes foram realizados na sexta-feira, sendo que apenas esta terça-feira se conheceram os resultados, conforme explicou o pároco da freguesia, Pe Joaquim Pereira, em declarações prestadas no local.

“Fizeram os testes na sexta-feira passada, chegaram agora os resultados, algumas estavam infetadas e estão a ser levadas para onde possam ser convenientemente tratadas, porque aqui não dá para fazer o tratamento conveniente”, referiu, acrescentando que as irmãs infetadas foram transportadas para o Seminário do Verbo Divino, em Guimarães.

No local estiveram elementos das corporações de bombeiros das Taipas, Vizela, Fafe, Vila Verde, Riba d’Ave e Famalicenses, numa operação de grande dimensão e com um número considerável de ambulâncias e operacionais envolvidos. De forma a proteger os intervenientes, a retirada as seis irmãs infetadas acabou por ser um processo moroso.

Em relação ao funcionário, encontra-se em casa, uma vez que não residia nas instalações da Casa da Sagrada Família, mas fazia lá as refeições e desenvolvia diversos trabalhos, pelo que acabou também ele por ficar infetado.

Em média esta instituição costuma ter nas suas instalações sensivelmente trinta religiosas, quase todas elas idosas, conforma deu conta o Pe Joaquim Pereira, que sublinhou também o facto de as irmãs infetadas não revelarem sintomas.

Ao que o Reflexo apurou, mais de duas dezenas de pessoas estão já sob vigilância ativa por parte das autoridades locais, existindo a probabilidade de haver mais pessoas infetadas.

FOTOS DA RETIRADA DOS INFETADOS:

DECLARAÇÕES DO PE JOAQUIM PEREIRA: