PUB
Covid-19: “Período excecional e grave” encerra cemitérios no Dia de Todos os Santos
Covid-19: “Período excecional e grave” encerra cemitérios no Dia de Todos os Santos
Segunda-feira, Outubro 19, 2020

Os cemitérios estarão encerrados nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, Dia de Todos os Santos, sendo esta uma medida aprovada por unanimidade em reunião extraordinária da Comissão Municipal da Proteção Civil, que contou com a presença dos presidentes de junta de freguesia.

A referida reunião extraordinária teve lugar esta segunda-feira e contou com a participação da Delegada de Saúde Pública, Hospital de Guimarães, Diretor Executivo do ACES do Alto Ave, Bombeiros de Guimarães e Bombeiros das Taipas, PSP e GNR, sendo que Domingos Bragança propôs o encerramento dos cemitérios, uma proposta que teve concordância de todos.

Considerando a situação epidemiológica como “má”, a Delegada de Saúde Fátima Dourado referiu que este “é um dia muito particular, emotivo, propício a abraços”, pelo que acredita que esta medida é necessária para interromper as cadeias de transmissão.

Uma opinião corroborada por Novais de Carvalho, diretor do ACES Alto Ave. “Justifica-se pelo momento que estamos a viver. Estamos perante um período excecional e grave, com consequências trágicas para a sociedade. Tudo o que tivermos de fazer para reduzir o impacto de transmissão do vírus é importante, sobretudo quando envolve momentos de questões emocionais e famílias como o Dia de Todos os Santos”, atirou.

Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, voltou a apelar ao “esforço de todos para impedir a propagação do vírus”, relembrando que existe a possibilidade de serem adotadas medidas restritivas em diferentes territórios.

“Não queremos que tal aconteça em Guimarães. É importante envolver todos os vimaranenses neste combate, especialmente pelo compreensão e pedagogia, contando muito com a colaboração dos presidentes das juntas de freguesia”, frisou.