PUB
Covid-19: município prepara centenas de milhares de máscaras para o regresso progressivo à normalidade
Covid-19: município prepara centenas de milhares de máscaras para o regresso progressivo à normalidade
DR
Segunda-feira, Abril 20, 2020

Maio é apontado pelas entidades, quer de saúde quer governamentais, como um mês previsível para o início da retoma, ainda que com naturais e previsíveis restrições. Nesse sentido, o município de Guimarães está a preparar-se para esse momento, nomeadamente para que ocorra de forma pró-ativa no combate à propagação do novo coronavírus.

Domingos Bragança, presidente do município, deu conta na reunião de câmara desta segunda-feira que foram encomendadas centenas de milhares de máscaras precisamente para esse regresso progressivo à normalidade.

“Estamos a trabalhar em conjunto e há muitas empresas a trabalhar e a colocar a sua estrutura de produção a criar material profilático. Estamos a proceder à encomenda de centenas de milhares de máscaras para preparar o regresso progressivo à normalidade. Nesse regresso vamos privilegiar as lojas comerciais, com ajuda das juntas de freguesia, com toda a prudência, a ajudar a levar essas máscaras que vamos distribuir gratuitamente. Vão ser distribuídas à entrada e vamos elaborar um folheto sobre o correto uso da máscara. Começar já a tomar medidas de preparação para o regresso previsível em maio”, frisou Domingos Bragança.

No entanto, o líder máximo do município alertou para a necessidade de manter distanciamento social e manter boas práticas de higienização para não por em causa aquilo que foi feito até agora.

A ideia do município passa por colocar à entrada de estabelecimentos comerciais máscaras e uma zona para desinfeção, medida que será seguida também nos transportes públicos, um dos setores considerados prioritários nesta retoma.

“Temos de preparar o regresso, o regresso progressivo, como já referi, e pensar nos cuidados a ter no transporte público, através de das máscaras e luvas. Temos de fazer com que o transporte se faça com máscara, com desinfetante à entrada e luvas”, reforçou.