PUB
Covid-19: município estuda modelos para celebrar Gualterianas e 24 de Junho
Covid-19: município estuda modelos para celebrar Gualterianas e 24 de Junho
DR
Segunda-feira, Maio 18, 2020

A Câmara Municipal de Guimarães continua a estudar modelos para celebrar, em tempo de pandemia com restrições sociais, as Festas da Cidade e Gualterianas e o 24 de Junho.

No final da reunião de câmara desta segunda-feira o presidente do município referiu que dentro das contingências atuais estes dois momentos não deixarão de ser celebrados, estando a ser equacionados modelos que cumpram os requisitos da Direção Geral de Saúde, tal como Domingos Bragança já tinha referido.

“Queremos levar as Gualterianas à população, de forma distinta, para que as mais importantes festas da cidade não deixem de ser celebradas. Estamos a trabalhar conjuntamente com os obreiros da Marcha Gualteriana para que seja possível, no Toural, na Alameda e em outros locais, termos patente uma mostra das Festas Gualterianas ao longo dos tempos, em formato ainda a definir”, disse Domingos Bragança.

Relativamente ao 24 de Junho, o edil vimaranense pretende prestar “reconhecimento e homenagem às entidades e personalidades que se distinguem”, tal como é tradicional. “Vamos fazer esse reconhecimento às pessoas que se distinguem, entidades ou individualidades que estiveram na linha da frente no combate à pandemia Covid-19 e se destacaram. Iremos fazer esse reconhecimento público no dia 24 de Junho, dia um de Portugal”, frisou, reportando-se a entidades como o Hospital Senhora da Oliveira, a Cruz Vermelha ou o Banco de Voluntariado de Guimarães.

Marcelo Rebelo de Sousa é uma das personalidades que poderá marcar presença nestas celebrações. Impossibilitado de marcar presença na cerimónia do ano passado, o Presidente da República tem ainda a receber uma distinção conferida pelo município em 2018.

“Tenho estado em contacto com o Senhor Presidente da República, no sentido de podermos contar com a sua presença nas comemorações do 24 de junho. Para além de poder receber a distinção que o Município de Guimarães lhe conferiu em 2018, é uma oportunidade para se associar à condecoração honorífica que queremos dirigir às entidades que prestaram, e ainda prestam, serviços relevantes no combate à pandemia no Concelho de Guimarães. Temos que estudar de que forma iremos comemorar o mais importante dia para Guimarães e para Portugal, em virtude da situação de exceção em que vivemos”, atirou.