PUB
Covid-19: município está a “equacionar Festas Gualterianas num modelo diferente”
Covid-19: município está a “equacionar Festas Gualterianas num modelo diferente”
DR
Sexta-feira, Abril 10, 2020

As Festas Gualterianas, festas da cidade de Guimarães celebradas em honra de São Gualter, não se vão realizar como tradicionalmente este ano, em virtude da pandemia Covid-19. Domingos Bragança, presidente do município, reconhece que “não há condições” para realizar as festas, mas pretende “celebrar de forma diferente”.

A ideia foi transmitida no final da última reunião de câmara, estando ainda em avaliação. “Estamos a equacionar. Não haverá marcha, nem carrinhos de diversões, mas poderá haver outras coisas. Entendo que nas Festas Gualterianas devemos manter as iluminações; podem questionar os custos disso, mas asseamos a cidade, tornamo-la mais bonita. Temos de celebrar de forma diferente, há trabalho que tem de se fazer, se calhar no Arquivo Municipal, pesquisar como foi a marcha em todos os anos em que se realizou”, deu como exemplo Domingos Bragança.

A vontade do líder máximo da autarquia é, de alguma forma, assinalar a data, mas isso será ainda alvo de análise com as várias entidades que normalmente têm responsabilidade na organização do evento.

“O mais fácil era decidir não haver Festas Gualterianas, mas eu mantenho a ideia de, de alguma forma, celebrar; não porque estas festas tenham condições para se realizar, mas queremos é realizar num modelo diferente. É minha vontade dar um ar de graça à cidade, um ar celebrativo, mas está em análise. Tenho de ouvir todos, todas as autoridades que estão na Festa Gualteriana”, frisou.

Recorde-se que as Festas da Vila e São Pedro deste ano foram canceladas em virtude da pandemia, tal como o Reflexo deu conta. A Câmara Municipal de Guimarães cancelou o espetáculo comemorativo do 25 de Abril, a Feira Afonsina 2020 e ainda as Comemorações do 24 de Junho – Dia Um de Portugal.