PUB
Covid-19: confinamento com mais impacto na atividade física em maiores de 65 anos e nas mulheres
Covid-19: confinamento com mais impacto na atividade física em maiores de 65 anos e nas mulheres
© Direitos Reservados
Sexta-feira, Abril 24, 2020

O período pandémico que atravessamos, com as pessoas confinadas em casa, teve um maior impacto na redução da atividade física por parte da população com mais de 65 anos e nas mulheres, de acordo com um estudo realizado pela Tempo Livre através do Centro de Estudos do Desporto.

Estas conclusões baseiam-se num questionário realizado no âmbito do referido estudo, questionário esse denominado “Hábitos de atividade física durante o período de confinamento social profilático – Covid-19”.

O estudo foi realizado entre os dias 27 de março e 16 de abril e baseia-se numa amostra de 384 pessoas que responderam ao inquérito. A par da questão física, principal ponto do referido estudo, sobressai também as implicações mentais que os hábitos de prática de exercício acarretam.

Para dar resposta a esta necessidade de readaptar as atividades físicas a Tempo Livre desenvolveu a iniciativa “Fique em casa e mantenha-se ativo”, envolvendo 21 técnicos de exercício que produziram mais de 100 vídeos disponibilizados nas redes sociais.