PUB
Coronavírus faz esgotar máscaras descartáveis
Coronavírus faz esgotar máscaras descartáveis
Bruno José Ferreira
Quinta-feira, Março 5, 2020

A expansão do Covid-19, mais conhecido como coronavírus, tem levado a uma corrida sem precedentes às máscaras descartáveis e Caldelas não é exceção. A procura destes objetos de proteção respiratória é uma realidade, ao ponto de ao final da tarde desta quinta-feira não haver máscaras nas farmácias da vila.

O Reflexo percorreu as duas farmácias existentes em Caldelas e constatou que há já algum tempo verifica-se a rutura de stock de máscaras. Na Farmácia Monteiro esta corrida às máscaras começou a ser notada aquando dos primeiros casos em Itália, o que levou a que, inclusive, o álcool esteja esgotado neste momento por força desta procura desmedida.

Na Farmácia Silvério a situação é semelhante. As máscaras encontram-se esgotadas e numa das últimas reposições as referidas máscaras já eram de menor qualidade. Nesta farmácia já não há álcool desinfetante em gel.

Paredes meias com as Taipas, já em Sande São Martinho mas junto à convergência com Caldelas, a Farmácia Vieira e Brito ainda possuiu máscaras e álcool, mas em quantidade reduzida. Também neste caso as máscaras já estiveram esgotadas, o que indica a procura fora do normal.

A Câmara Municipal de Guimarães emitiu um alerta no final de fevereiro, no qual deixa vários conselhos face à epidemia causada pelo coronavírus, considerado como uma Emergência de Saúde Pública de âmbito Internacional.