PUB
Consumidores depositaram 12 milhões de garrafas em máquinas automáticas
Consumidores depositaram 12 milhões de garrafas em máquinas automáticas
Segunda-feira, Fevereiro 22, 2021

As máquinas estão situadas em grandes superfícies comerciais. Cada uma emite um talão de desconto, com o valor correspondente à quantidade de garrafas colocadas para reciclagem.

As 23 máquinas automáticas de recolha de embalagens de bebidas em plástico espalhadas pelo país receberam, em média, 39 mil recipientes por dia. Ou seja, desde março 2020, ao abrigo do projeto-piloto “Quando do Velho se Faz Novo, todos ganham. Ganha o Planeta!”, foram recicladas mais de 12 milhões destas embalagens, 66% das quais com capacidade superior a 0,5 litros. Numa nota emitida pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática é também sublinhado que foram recolhidas cerca de 350 toneladas de PET (Politereftalato de Etileno) para reciclagem.

As máquinas estão situadas em grandes superfícies comerciais. Cada máquina de recolha automática emite um talão de desconto, com o valor correspondente à quantidade de garrafas colocadas para reciclagem. No total, foram emitidos talões no valor de 510.000 euros, tendo os consumidores atribuído 10 mil euros aos apoios sociais.

“Com o plástico recolhido nas máquinas, instaladas em grandes superfícies comerciais, serão produzidos materiais reciclados de elevada qualidade para a incorporação em novas garrafas de bebidas, promovendo assim a sustentabilidade ambiental através de uma economia mais circular”, lê-se na nota informativa.

Noutro âmbito, a Sociedade Ponto Verde indicou que a recolha seletiva de embalagens em 2020, em Portugal, aumentou 13%, face a 2019, tendo sido encaminhadas para reciclagem mais de 409 mil toneladas de embalagens. “Num ano caracterizado pelos fortes impactos da pandemia, os portugueses continuaram comprometidos com a causa da reciclagem e podemos por isso afirmar que a recolha seletiva não abrandou com o confinamento”, assinala Ana Isabel Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde.