PUB
Construção de nova EB 2,3 deverá começar no final do ano lectivo
Sexta-feira, Fevereiro 3, 2017

A garantia do arranque da obra de construção de uma nova escola EB 2,3 chegou por parte da DGESTe, depois de o investimento ter tido “parecer favorável, definitivo e sem constrangimentos”. A obra será levada a votação numa próxima reunião de vereadores da Câmara Municipal de Guimarães.

A Associação de Pais da Escola Básica 2, 3 de Caldas das Taipas emitiu hoje, 3 de Fevereiro, um comunicado onde dá conta de que tem garantias de que a obra de construção de uma nova escola será para arrancar em Junho, no final do presente ano lectivo. Esta garantia foi comunicada pela DGESTe no passado dia 5 de Janeiro, através de um parecer “favorável, definitivo e sem constrangimentos”, lê-se no comunicado da Associação de Pais, referindo informação emitida por aquela entidade.

De acordo com a Direção da Associação de Pais da EB 2,3, a notícia foi transmitida, a todos os pais e encarregados de educação, através do seu blog oficial, no dia seguinte, ou seja, a 6 de Janeiro. Esta mesma entidade rejeita ser da sua incumbência a divulgação através de outros canais, remetendo essa responsabilidade para a Direção da escola e para a Câmara Municipal de Guimarães.

Este comunicado surge após o aparecimento, na rede social Facebook, que se identifica como um “Movimento Pais, Contra a Falta de Obras na EB 2/3 Caldas das Taipas”. Nesse mesmo grupo público começaram a surgir manifestações de indignação pela falta de uma solução para a degradação daquela escola

A propósito de grupos como este, a Associação de Pais da EB 2,3 salvaguarda distanciamento, remetendo qualquer tomada de posição ou comunicação públicas para o seu veículo oficial de comunicação, ou seja, o blog. Ainda de acordo com o comunicado, a Direcção da Associação de Pais congratula-se com “o apoio de qualquer cidadão ou grupo de cidadãos” mas, por outro lado, repudia “qualquer tipo de movimentos ou vozes de protesto, à margem dos reais interlocutores” do processo da construção da nova escola.

O comunicado na íntegra pode ser lido aqui.