Conhecida programação dos Banhos Velhos até ao mês de setembro
Conhecida programação dos Banhos Velhos até ao mês de setembro
© Direitos Reservados
Segunda-feira, Julho 8, 2019

Segunda metade da programação de 2019 nos Banhos Velhos iniciou-se no início do mês de julho. Programa até ao final da temporada já foi anunciado devendo encerrar com um concerto dos Pop Dell’Arte.

A programação para o segundo trimestre nos Banhos Velhos começou no primeiro fim de semana de julho, com a apresentação da peça “Conto de Tramas”, pelo grupo de teatro Ao Sabor dos Livros, da Escola Secundária de Caldas das Taipas.

Na sexta, o concerto a solo do cantautor brasileiro Cícero, que lotou o espaço do antigo baleário termal. Ainda no sábado, 6 de julho, o Grupo Teatro Amador de Campelos apresentou a pela “Médico à Paulada”.

Até ao mês de setembro está reservado um conjunto de outras propostas. Julho encerra nos Banhos Velhos com mais uma Noite de Astronomia, numa parceria com a Escola Secundária de Caldas das Taipas. Será no dia 26 de julho, a partir das 22 horas.

Música e cinema marcarão o mês de agosto. O Grupo de Fados da Vila regressam aos Banhos Velhos para uma noite dedicada à “canção nacional”.

No dia 23, marcará um outro regresso, o dos First Breath After Coma, que virão apresentar o disco “NU”, lançado este ano. Na primeira parte estará a dupla Tresor & Bosxh. O cinema curto tem também lugar em agosto com uma sessão especial do Shortcutz Guimarães, marcada para o dia 28 de agosto às 22 horas.

Setembro reserva ainda um concerto emblemático. Ressurgidos há dois anos nos palcos nacionais, os Pop Dell’Arte subirão a norte para um concerto que será certamente de celebração de um dos projetos mais icónicos dos anos 1980, no respeita à música portuguesa.

Os Pop Dell’Arte tomarão o palco dos Banhos Velhos no dia 21 de setembro pelas 22 horas. Este concerto encerra a temporada cultural de 2019, promovida pela Taipas Termal, gestora do espaço. O ano de 2020 reserva as comemorações do décimo aniversário da inauguração da requalificação dos Banhos Velhos, altura em que passou a receber eventos culturais.