PUB
Cheias em Ronfe vão deixar de ser um problema dentro de três meses
Cheias em Ronfe vão deixar de ser um problema dentro de três meses
Segunda-feira, Dezembro 12, 2016

Iniciou-se esta obra de melhoramentos nas infra-estruturas no loteamento do Monte Alvar, em Ronfe. A intervenção terá impacto nos cerca de 50 fogos ali existentes.

Começa hoje, 12, na vila de Ronfe, a obra de execução da rede de drenagem pública de águas pluviais no loteamento do Monte Alvar, identificado como uma das zonas mais suscetíveis de inundações. A intervenção, articulada com a Junta de Freguesia, permitirá dotar o local com uma infraestrutura que vai eliminar transtornos causados na última década a cerca de meia centena de famílias que ali residem.

Segundo um comunicado da autarquia, a empreitada, adjudicada pelo valor de 129.985,68 euros, montante ao qual acresce a taxa de IVA em vigor, tem um prazo de execução de 90 dias. A solução preconizada para a rede de drenagem pluvial consiste na execução de caixas de visita, sumidouros e tubagem em determinados arruamentos, drenando para uma linha de água já existente, conforme está oficial e legalmente estabelecido na respetiva Carta Militar.

As câmaras ou caixas de visita têm por objetivo facilitar o acesso aos coletores para observação, operações de limpeza e de manutenção. As valetas destinam-se a coletar e a conduzir as águas superficiais para fora da estrada, enquanto os sumidouros, intercetores de águas pluviais que se escoam superficialmente, são implantados no extremo montante dos troços das redes de drenagem de águas pluviais e em bacias interiores, estando ligados a troços intermédios ou finais da rede de drenagem subterrânea.

Textos Catarina Castro Abreu