PUB
CDU visitou instituições da vila de Caldas das Taipas
CDU visitou instituições da vila de Caldas das Taipas
© Direitos Reservados
Quinta-feira, Junho 22, 2017

Durante as últimas semanas, representantes da CDU estiveram de visita a Caldelas. Os políticos quiseram inteirar-se do processo de transferência temporária de alunos da EB 2,3 e manifestaram severas preocupações quanto ao estado do quartel da GNR.

Uma comitiva de representantes da CDU estiveram recentemente de vista à vila de Caldas das Taipas onde estiveram em contacto com as realidades existentes na Escola Básica das Taipas (13 de junho) e o Posto Territorial da GNR.

Torcato Ribeiro, candidato desta coligação à presidência da Câmara Municipal de Guimarães, esteve acompanhado por Mariana Silva, condidata à Assembleia Municipal de Guimarães, além de Cândido Capela Dias que será o cabeça de lista da CDU, em Caldelas.

Do primeiro encontro, à Escola Básica das Taipas, que se prepara para a renovação das suas instalações, a comitiva foi recebida por Mário Rodrigues, diretor daquela escola, que transmitiu aos representantes políticos a forma como estão a decorrer os trabalhos para as obras a iniciar nas próximas semanas, assim como do processo da distribuição dos alunos, enquanto que a nova escola não estiver pronta.

Mariana Silva, representante do PEV, manifestou ainda as suas preocupações relativamente ao destino a dar ao amianto, material considerado perigoso, que serve de cobertura dos vários edifícios que compõem aquela escola, inaugurada em 1982.

A candidata pela CDU à junta de Sande (S. Martinho), Marina Cristiana, questionou ainda sobre o funcionamento da Escola Básica daquele território, que faz parte do Agrupamento de Escolas das Taipas.

Já durante esta semana, no dia 19 de junho, representantes desta coligação visitaram o Posto Territorial da GNR das Taipas. Desta feita a deputada nacional da CDU, Carla Cruz, integrou a comitiva tendo ficado a conhecer as condições de degradação do edifício. Além disso, os representantes da CDU anotaram a falta de adaptação do posto à coexistência de agentes do sexo femino, questão que não se colocava por altura da construção do quartel.

Os comunistas defenderam a necessidade de intervenções urgentes, não só no posto de Caldas das Taipas, mas igualmente nos restantes postos do concelho de Guimarães, que apresentam igualmente condições avançadas de degradação, com especial destaque para o de Lordelo, sendo aquele que se apresenta em piores condições.