PUB
CDU contra o aumento da fatura da água em Guimarães
CDU contra o aumento da fatura da água em Guimarães
© Direitos Reservados
Segunda-feira, Novembro 2, 2020

A Comissão Coordenadora de Guimarães da CDU considera o aumento do custo da fatura da água no concelho de Guimarães uma “enorme insensibilidade social, incoerente e desumana” no atual contexto de crise generalizada.

Esta medida foi aprovada na última reunião de câmara, com voto contra da oposição, sendo o tarifário da Vimágua para 2021 aprovado pela maioria socialista. No entender da CDU trata-se de uma “postura gananciosa” que visa “manter elevado o que a Vimágua ganha com a água”.

“A Câmara não é obrigada a acompanhar a proposta da Vimágua, podendo decidir em sentido contrário sempres que a sua perceção do interesse dos munícipes assim o recomendar. Acresce que as contas da Vimágua não ficariam desequilibradas se a decisão fosse negativa. Num tempo em que o presidente da Câmara se desdobra em tomadas de posição públicas em ordem ao cumprimento das diretivas nacionais para enfrentar o covid19, uma decisão que encarece a fatura de um bem vital importante para esse mesmo combate. A higiene é necessária mais do que nunca, logo é preciso generalizar o seu uso e não contribuir para o não uso”, refere a CDU em nota enviada às redações.

Evocando que a fatura da água já era cara em Guimarães e que ainda mais vai ficar sem haver necessidade disso, considera esta força partidária que “novas taxas e tacholas” agudizam a “tendência para consumir pouco”, o que por sua vez priva as pessoas de um “bem essencial”.