PUB
Casa da Criança promove campanha para motivar jovens a ter uma alimentação saudável
Casa da Criança promove campanha para motivar jovens a ter uma alimentação saudável
Segunda-feira, Novembro 9, 2020

Comer bem / viver melhor é o nome do projeto que está a ser desenvolvido pela Casa da Criança de Guimarães, com o contributo de várias outras entidades, tendo como objetivo motivar crianças e jovens para uma alimentação saudável.

Sendo o excesso de peso de uma problemática que atinge 30% das crianças e jovens portugueses, a Casa da Criança pretende, então, “sensibilizar e motivar os mais jovens para a adoção voluntária de uma alimentação saudável, tendo em conta os números, ainda assustadores, que apontam Portugal com uma população infantil e juvenil em que 30 % sofre de excesso de peso e, desta, 10% é obesa”.

A Cutipol, empresa taipense, é mecenas desta iniciativa, o Auchan, através da Fundação Auchan para a Juventude, patrocinou o evento e acolheu workshops, sendo que também as Juntas de Freguesia e a Câmara Municipal estiveram envolvidas no desenvolvimento desta ação de sensibilização.

“A sua materialização passou na área da comunicação/divulgação pela edição de dois cartazes e um selo dos CTT, a realização de dois workshops com alunos selecionados pelos agrupamentos, sob a orientação das nutricionistas Ana Araújo, Ana Teixeira e Cátia Mendes e o seu registo para a produção de um DVD. Contando ainda com a edição de um desdobrável versando os princípios fundamentais de uma alimentação saudável, com conteúdos dos nutricionistas Pedro Carvalho e Teresa Lemos assim que a publicação de um marcador de livros com o descodificador de rótulos”, dá conta a Casa da Criança.

Em virtude da pandemia, esta iniciativa teve de ser repensada. Inicialmente prevista para se realizar em março, altura em que as escolas fecharam, só neste mês se procede à entrega nas escolas de um DVD por escola, cartazes para a divulgação do projeto e sensibilização para uma alimentação saudável, um desdobrável e um marcador de livros por aluno.

Os Órgãos de Comunicação Social tiveram e têm também um papel importante na divulgação desta iniciativa, sendo o Jornal Reflexo parceiro deste projeto.