PUB
Luís Soares: “O caminho começa agora”
Luís Soares: “O caminho começa agora”
Terça-feira, Outubro 24, 2017

“O caminho começa agora, vamos ao trabalho”. Foi com estas palavras que Luís Soares, já no papel de presidente de Junta de Freguesia, terminou o seu primeiro discurso oficial. O socialista pediu união e participação de todos para construir uma vila melhor.

Antes, Mário Ribeiro, presidente cessante da Mesa da Assembleia de Freguesia, dava início aos trabalhos de instalação dos órgãos eleitos em resultado das últimas eleições autárquicas realizadas no passado dia 1 de outubro. Após uma curta intervenção, onde agradeceu o trabalho da Junta de Freguesia e a colaboração dos demais membros da Assembleia de Freguesia, bem como dos taipenses que foram marcando presença nas sessões.

Procedeu de seguida à chamada dos 13 eleitos da nova Assembleia de Freguesia divididos por oito do Partido Socialista e cinco da coligação Juntos por Guimarães. Nota para a ausência justificada, de acordo com as informações que recolhemos no final da sessão, do socialista Sérgio Araújo.

Conforme estabelece a Lei, Luís Soares tomou o lugar de Mário Ribeiro e conduziu esta primeira reunião para a eleição dos órgãos da freguesia. O Partido Socialista foi o único partido que apresentou lista de candidatos ao lugares da Junta de Freguesia e da Mesa da Assembleia de Freguesia tendo sido as duas aprovadas por sufrágio secreto com sete votos a favor e cinco em branco.

No período destinado aos discursos políticos, Manuel Ribeiro, candidato derrotado da coligação JpG, saudou os novos membros empossados e fez notar que o ritmo de crescimento de Caldas das Taipas depende do município de Guimarães, deixando claro que vários temas do quotidiano da vila não foram resolvidos por falta de apoio. Afirmou ainda que a coligação JpG, agora no papel de oposição, contribuirá de forma positiva para que a Junta de Freguesia seja respeitada no concelho de Guimarães.

António Augusto Mendes, pelo PS, disse ser essencial haver um novo relacionamento entre os taipenses e as instituições, com escuta ativa e contínua das necessidades e ensejos das pessoas. Pediu aos presentes para “espalhar a palavra” que uma nova era começou, que vão ser cumpridas as promessas e que Caldas das Taipas vai mudar, apelando à participação de todos.

O novo presidente da junta de freguesia, Luís Soares, no seu discurso de posse elencou as várias virtudes da vila e o seu papel aglutinador na região, realçando em especial a área ambiental e de lazer que proporciona. Considera que é bom viver na vila de Caldas das Taipas, mas que é sempre possível fazer melhor. Frisou ainda que tem a responsabilidade de representar todos e pretende levar a cabo uma nova forma de relacionamento com as pessoas e com as instituição da vila e do concelho, afirmando que pretende reatar relações institucionais com todos.

Uma vila limpa com a apresentação de uma candidatura ao prémio de melhor jardim da Europa é um dos desígnios da sua equipa. Relembrou que precisamente há dois anos, dia 23 de outubro de 2015, tomava  posse como deputado da Assembleia da República, assumindo-se um politico desde cedo, e certo que governar é muitos vezes desagradar. Terminou lançando o mote: “O caminho começa agora. Vamos ao trabalho”!

JUNTA DE FREGUESIA
Presidente: Luís Soares
Vogal: António Joaquim Oliveira
Vogal: Cristina Castro
Vogal: Patrícia Correia
Vogal: João Manuel Ribeiro
Nota: não foram anunciados os cargos de secretário e tesoureiro.

MESA DA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA
Presidente: Sérgio Nuno Araújo
1.º Secretário: José Fonseca
2.ª Secretária: Eliana Morais Pimenta

Restantes membros da Assembleia de Freguesia
Partido Socialista
José Maia Freitas
Horácio Nogueira
Augusto Mendes
Ana Garcia
José Agnelo Pires

Coligação Juntos por Guimarães
Manuel Ribeiro
Constantino Veiga
Sara Martins
José Maria Gomes
Franclim Freitas