PUB
Câmara quer mobilizar 200 milhões de euros para o Guimarães Marca
Câmara quer mobilizar 200 milhões de euros para o Guimarães Marca
Ivo Rainha
Quinta-feira, Março 1, 2018

Set.up Guimarães é o nome da superincubadora apresentada esta quarta-feira. Reúne três projetos de incubação virados para a criatividade, tecnologia e indústria. Uma das apostas é a aproximação ao Guimarães Marca, para o qual o vereador do Desenvolvimento Económico, Ricardo Costa, quer 200 milhões de euros.

“Se não vier no quadro de apoio de 2020, podemos projetar para 2030. Se não encaixar as regras, mudam-se as regras”: foi com esta abordagem que Ricardo Costa apresentou a intenção de pedir ao Governo 200 milhões de euros para o projeto Guimarães Marca. “O valor a que chegámos para manter o projeto durante os próximos anos é de 200 milhões de euros e tem a ver com o que achamos que é a escala do Guimarães Marca”, explicou.

Justifica com números: as empresas que integram o Guimarães Marca contribuíram com 650 milhões de euros o saldo nacional da balança comercial. A ideia passa por as empresas que integram o Guimarães Marca poderem servir como investidores na start-up que integrem a Set.up Guimarães.

LabPac é a subincubadora criativa e já conta com 13 negócios instalados na Plataforma das Artes. No Avepark, fica a TecPark com capacidade para acolher 20 empresas. Em Pevidém ficará a PevFactory, uma incubadora de índole industrial. As três subincubadoras formam a superincubadora Set.up Guimarães.