PUB
Câmara de Guimarães recomenda prevenção face a alerta de mau tempo
Câmara de Guimarães recomenda prevenção face a alerta de mau tempo
Manuel Silva
Sábado, Outubro 13, 2018

Alerta laranja, para o Distrito de Braga, passará a vermelho a partir das 00h00, devido à previsão de vento forte, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Guimarães alerta para as previsões de mau tempo neste sábado, com a situação de alerta laranja a partir das 18h00 e a passar para a alerta vermelho, a partir das 00h00, face a previsão de vento forte, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para o Distrito de Braga.

A autoridade nacional de Proteção Civil e o Município de Guimarães aconselham a população a “evitar ao máximo andar na rua” — sobretudo no período entre as 23h00 de sábado e as 4h00 de domingo.

De acordo com informação do IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera), no briefing extraordinário realizado esta manhã, a partir das 22h00 de hoje e até às 7h00 de domingo será previsível vento forte e rajadas acima de 120 km/h nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Viseu, Guarda e Castelo Branco. Prevê-se a ocorrência de vento forte com rajadas superiores a 130 km/h nesses distritos entre as 1h00 e as 4h00 de domingo (com uma probabilidade de 65% de rajada ser igual ou superior a 130 km/h e de 40% a probabilidade de rajada maior ou igual a 145 km/h).


Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

– Danos em estruturas montadas ou suspensas;
– Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte.

São aconselhadas as seguintes medidas preventivas
– Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
– Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte;
– Estar atento às informações da meteorologia e às indicações dos Agentes de Proteção Civil e Forças de Segurança.

Nota: Imagem do arquivo do Reflexo