PUB
Caldas das Taipas: A (des)propósito XXXV – Actividades de verão da Junta de Turismo das Taipas no ano de 1957
Quarta-feira, Agosto 12, 2020

A Junta de Turismo, um organismo precioso, que tanto fez pelo progresso e desenvolvimento das Caldas das Taipas, agora à procura de quem a encontre neste tempo de convulsão local.

Deixo aqui referência a algumas iniciativas que a mesma levou a cabo no Parque de Turismo de Caldas das Taipas no verão do ano de 1957, para ocupação sadia dos seus locais e forasteiros donde acorriam, vindos de todo o norte do país, para aqui se curarem, repousarem, conhecerem e se divertirem, com destaque para a Prova de Perícia Automobilística numa organização a favor do Clube Caçadores das Taipas, faz precisamente hoje 63 anos, não deixando de lembrar o marasmo que se vivia naquele tempo, em plena ditadura do Estado Novo.

29 e 30/Junho: Feiras Francas de São Pedro e as Festas da vila de Caldas das Taipas, com 3 bandas musicais, Pevidém, Revelhe e Taipas, ranchos folclóricos, Concurso de Gado da raça bovina, Concurso entre os melhores fogueteiros do Norte de Fogo Preso, fogo de artifício e feéricas iluminações.

30/Junho: Prova e Perícia automóvel, tendo saído vencedor Jose Romão de Paredes.

1/Julho: Reinício da construção do Posto Médico das Caixas Sindicais de Previdência, onde hoje funciona a sede da Junta de Freguesia,

07/Julho: Início das obras para a sede da Junta de Turismo bem no centro da vila, hoje balcão da CGD.

10/Julho: No já bem iluminado rinque, o Turismo Hóquei Clube de Caldas das Taipas recebe o Famalicense e ganha-lhes por 1 a 0.

13/Julho: Verbena dançante na esplanada de festas da Piscina com o concurso duma orquestra de Vigo, organizada pelo Clube de Hóquei.

21/Julho: Jornada de Natação, provas a contar para o Campeonato Regional Corporativo da F. N. A. T, Federação Nacional das Actividades de Tempo Livre dedicada aos trabalhadores associados.

28/Julho: Gincana no Parque de Turismo, organizada pelo Clube Caçadores das Taipas, o nosso mais importante embaixador. A prova decorreu animada, tendo a presenciá-la inúmeras pessoas, o seu vencedor absoluto foi Alexandre Rodrigues Guimarães .

4/Agosto: Provas de Natação na Piscina das Taipas a contar parta o Campeonato Regional, com os clubes de Barcelos, Viana e 4 do Porto, com a presença de muitíssimo público e do Presidente da Associação de Natação do Norte, Snr. Laureano Barbosa que aos microfones teceu enormes elogios à Junta de Turismo.

11/Agosto: O Turismo Hóquei Clube de Caldas das Taipas jogou no seu rinque com Académico de Braga, e levou-os de vencida por 3 bolas a 2, a contar para o Campeonato Regional do Minho, neste jogo o Taipas já pode contar com os irmãos Monteiro, vindos da Bélgica e de Coimbra onde estudavam.

18/Agosto: Decorreu animada e cheia de colorido a Festa Popular e Folclórica no Parque da Junta de Turismo de Caldas das Taipas, para as pessoas que costumam frequentar o parque. Estiveram os ranchos muito afamados de Oleiros-Ponte da Barca e o de Santo André da vila das Aves.

25/Agosto: Nova Festa Popular e Folclórica no Parque da Junta de Turismo

01/Setembro: No rinque decorre com muitos participantes uma Gincana para crianças, com provas de obstáculos como corrida de cântaros e outras, e, de Patinagem para adultos.

28/Setembro: Concerto no jardim público da vila pela Banda Musical de Caldas das Taipas, foi seguido com o maior interesse não só pelos taipenses como pela colónia balnear.

Junho a Setembro: “Grande movimento na Piscina com muita gente vinda de fora, não só de Guimarães, Braga, Famalicão e Porto, tem acorrido ali inúmeras famílias do Norte, mas, ainda do estrangeiro, sempre ávida de conhecer as belezas do nosso país. À noite, a piscina também tem registado grande movimento, sobretudo pela gente nova, que ali se distrai e dança ao som de música variadíssima. Deve dizer-se que por tal motivo, o bar privativo tem funcionado até às 24 horas com vantagem para as pessoas que se deslocam para o recinto de festas da Piscina”.

“O Parque frondoso, bem situado, delineado por mão de mestre, com a sua piscina e campos de ténis e patinagem, representam nas margens do bucólico rio Ave um conjunto turístico dos mais importantes da Península Ibérica, assegurando à estância um futuro próspero, considerável”

Entretanto durante todo o verão, eram muitos os aquistas nas Termas, donde destaco o escritor Sousa Costa a quem conferi a qualidade de figurar na toponímia local. E, muitos os banhistas nas 2 praias fluviais, a do Parque de Turismo e a da Praia Seca no Rabelo, os barcos navegavam entre os 2 açudes, o do Rabelo e o de Além por entre duas pontes, a ponte Nova e a ponte de Prancheira.

De tudo isto nos foi dando notícia o sempre diligente escriturário da Junta de Turismo, ao mesmo tempo Presidente da Junta, o também jornalista, Snr. José de Oliveira, que bem sabia, na qualidade de autarca de freguesia não possuir autonomia financeira, insuficiência que decorre até aos dias de hoje, pese embora a existência desde 1976 da Lei de Finanças Locais que em muito pouco a favorece.

 

Caldas das Taipas no dia 28 de Julho do ano pandémico de 2020