PUB
Detenção por burla, abuso de confiança e posse ilegal de arma
Terça-feira, Junho 23, 2020

O Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial de Póvoa de Lanhoso, constituiu arguida, a 22 de junho, uma mulher de 55 anos, por burla qualificada, abuso de confiança e posse ilegal de arma de fogo, em Telheiras, Lisboa.

A ação, com origem numa investigação relacionada com a venda ilegal de um património imobiliário ocorrida há um mês, envolveu uma busca domiciliária e outra em veículo que permitiram apreender, para além de documentação, o seguinte material: uma pistola de calibre 6,35mm, uma pistola de alarme, 35 munições de vários calibres e três carregadores.

A suspeita foi constituída arguida e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Póvoa de Lanhoso.

A operação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos e com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).