PUB
Bloco de Esquerda de Guimarães defende investimento no setor da habitação
Bloco de Esquerda de Guimarães defende investimento no setor da habitação
© Direitos Reservados
Terça-feira, Outubro 16, 2018

O BE Guimarães apresentou ontem um conjunto de propostas para a construção do orçamento municipal do ano de 2019. O elenco de oito medidas divididas em áreas setoriais foram divulgadas durante a tarde de segunda-feira, 15 de setembro.

A habitação é um dos setores que mais preocupam os responsáveis do Bloco, em Guimarães. No entender da coordenadora Sónia Ribeiro, existe uma necessidade urgente de aumentar a oferta de habitação em Guimarães. Para resolver o problema, propõe-se a criação de um programa de revitalização e construção de prédios e o seu arrendamento a preços controlados.

A mobilidade foi outro dos aspetos destacados do conjunto de medidas que o Bloco de Esquerda fará chegar ao executivo municipal. No entender do Bloco, a melhor a melhor forma de resolver um sistema de transportes mais eficiente passa pela municipalização dos Transportes Urbanos de Guimarães (TUG). Desta forma, acreditam, será possível “oferecer um serviço pensado para promover a coesão territorial”.

De entre as propostas apresentadas, o BE entende que o plano existente para o combate à poluição dos cursos de água não estará a produzir os melhores resultados. A coordenadora do BE em Guimarães defende por isso um plano alternativo desenvolvido em articulação com os municípios vizinhos e as entidades da administração central.