PUB
Bloco de Esquerda defende valorização do património industrial do Vale do Ave
Bloco de Esquerda defende valorização do património industrial do Vale do Ave
© Direitos Reservados
Segunda-feira, Dezembro 28, 2020

Bloquistas querem valorizar o património industrial do Vale do Ave, respeitando o seu historial económico, social e político, para “olhar esta realidade do passado com os olhos postos no futuro”.

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda entregou, na Assembleia da República, um projeto de resolução com vista à valorização do património industrial do Vale do Ave. Este projeto solicita um levantamento dos imóveis industriais do Vale do Ave à Direção Geral do Património Cultural (DGPC). Com isso, o Bloco de Esquerda pretende uma eventual classificação dos mesmos, a criação de uma linha de financiamento para investigação científica da Fundação para a Ciência e a Tecnologia para que se aprofunde o conhecimento científico e académico sobre o objeto em causa, e se elabore um novo Roteiro Histórico do Património Industrial do Vale do Ave através do Turismo de Portugal e do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Para os bloquistas, “este património industrial não é, do ponto de vista académico e social, mais uma tipologia de monumento a ser estudado. Ele ganha importância pelo território onde se insere, pela paisagem onde está incorporado, pelas vivências sociais e económicas que despoletou”, salientam.

Os deputados esclarecem que, dada a natureza privada de grande parte do património envolvido, há problemas de acessibilidade, permissão de visita, potencialidades lúdicas e pedagógicas dos sítios e monumentos, pelo que “só uma ação governativa forte e políticas públicas robustas darão uma resposta que corrija estas entropias”.