PUB
Autarquia vai premiar a melhor ideia para o concelho
Quinta-feira, Janeiro 26, 2017

A Câmara Municipal de Guimarães quer aproveitar apoios comunitários e outros para concretizar as melhores ideias apresentadas pelos munícipes. O prazo de entrega de propostas decorre até ao dia 12 de maio.

“Guimarães enfrenta uma oportunidade de desenvolvimento”, anuncia a autarquia, e, por isso, chama os vimaranenses a divulgarem as suas ideias para o concelho. A iniciativa abrange todo o município e toda a população. Está anunciado um prémio para a melhor proposta mas ainda não se sabe o montante.

O presidente da Câmara, na apresentação da iniciativa, que aconteceu na última segunda-feira, 23, salientou “o sentimento de pertença” da população de Guimarães, que “permitirá uma forte adesão por parte dos munícipes” ao Concurso de Ideias.

Sobre a concretização das mesmas, Domingos Bragança informou que “se a proposta vencedora puder ser encaixada no orçamento municipal fa-lo-emos”. “Não tendo a obrigação de o fazer, vamos colocá-la no orçamento municipal”, resumiu. Mas se a proposta vencedora estiver fora do alcance das receitas da autarquia, o edil revela que há mecanismos de a financiar, recorrendo a fundos comunitários.

Na apresentação da iniciativa lê-se que “o novo contexto de fundos comunitários e outros apoios financeiros, quer ainda da entrada em vigor da revisão do plano director municipal e do desígnio da Capital Verde Europeia, reconhece-se que Guimarães enfrenta um oportunidade de desenvolvimento de um novo ciclo de investimento e qualificação do território”. Filipe Fontes, arquiteto da autarquia, vincou que “o concurso de ideias é para todo o concelho – centro da cidade, vilas e freguesias – e podem ser propostas por toda a população”.

Os interessados podem entregar as suas propostas em formato digital ou em papel e o concurso de ideias está alargado a toda a população, entidades, empresas naturais e/ou sedeadas em Guimarães. As propostas podem ter três níveis: uma reflecção crítica, uma ideia ou uma intervenção mais concreta.

As propostas serão disponibilizadas no site do município para consulta (data limite de entrega de propostas é 12 de maio) a 15 de maio de 2017. Antes disso, a 06 de fevereiro será disponibilizado o regulamento de participação.

Um júri constituído por três elementos – um gestor político, um representante técnico municipal e um representante da Universidade do Minho – avaliará todo o material entregue até 30 de junho. A 7 de julho serão publicados os resultados. Nesse mesmo mês será realizado um seminário sobre as propostas e será anunciado o vencedor.