PUB
Atletas taipenses conquistam e ajudam a conquistar vários títulos europeus de Rope Skipping
Atletas taipenses conquistam e ajudam a conquistar vários títulos europeus de Rope Skipping
© Direitos Reservados
Quarta-feira, Agosto 2, 2017

A cidade de Braga recebeu, do dia 26 ao dia 28 de julho, o European Rope Skipping Championships. Esta competição abrange três eventos distintos, o Open Tournament (+15), o Youth Tournament (12-14 anos) e o European Championship (+15) e divide-se em campeonatos de equipas e individuais.

Portugal apresentou-se com equipas em todos os eventos, e entre elas 7 atletas do Clube de Rope Skipping das Taipas.
As três equipas de Youth foram na totalidade representadas por atletas dos clubes de Braga, e entre elas registaram-se quatro subidas ao pódio.
No que ao Open Tournament diz respeito a equipa portuguesa, constituída por quatro atletas do Clube de Rope Skipping das Taipas (Irene Miranda, Catarina Guimarães, João Rodrigues e João Vieira) e um do Agrupamento de Escolas André Soares, destacou-se na prova de Single Rope 4×30 segundos, tendo-se classificado em 2º lugar.

A equipa masculina que disputou o European Championship foi na sua totalidade representada por atletas taipenses, embora dois deles a representar clubes de Braga (CRSTaipas-Gabriel Ferreira, Paulo Lima e David Silva, Academia de Rope Skipping de Braga – Hugo Ribeiro, Colégio João Paulo II – Carlos Freitas). Esta equipa brilhou batendo o recorde europeu nas duas provas de velocidade, Double Dutch 4×45 e Single Rope 4×30 e conquistando o título de Campeões Europeus de Equipas Masculinas.

Também a título individual os taipenses mostraram que o rope skipping em Portugal está a crescer. Paulo Lima destacou-se ao conquistar o título de campeão europeu na prova de 30 segundos, igualando o recorde europeu (103 saltos) e ainda conquistando o 3º lugar do pódio na prova de 3 minutos, batendo o recorde nacional. Carlos Freitas e David Silva classificaram-se, respetivamente, em 1º e 2º na prova dos triplos.

No somatório de todas as provas Gabriel Ferreira (6º) e David Silva (10º) conseguiram manter-se no top 10, de entre os 21 saltadores concorrentes.
Estes resultados e o facto de vários Molinhas terem batido os seus recordes pessoais deixam, naturalmente, os dirigentes do clube taipense orgulhosos. Sandra Freitas referiu que “A época não poderia ter terminado de melhor forma. Em maio tivemos excelentes resultados alcançados no campeonato nacional, e agora vemos os nossos atletas a representar, com este sucesso, as cores nacionais. Tudo isto faz-nos acreditar que estamos a trabalhar no bom sentido e estamos muito felizes porque acreditamos que Portugal vê reforçada, desta forma, a sua posição no panorama do rope skipping europeu”.