PUB
Associação Vimaranense de Hotelaria manifestou-se em frente à Câmara
Associação Vimaranense de Hotelaria manifestou-se em frente à Câmara
Associação Vimaranense de Hotelaria
Quinta-feira, Outubro 29, 2020

A Associação Vimaranense de Hotelaria (AVH), entidade sem fins lucrativos que tem como finalidade defender os interesses das empresas hoteleiras e de restauração de Guimarães, organizou esta quarta-feira uma manifestação com o intuito de sensibilizar a Câmara Municipal de Guimarães para as dificuldades no setor.

Este protesto decorreu de forma simbólica em frente ao edifício da Câmara Municipal de Guimarães, no Largo Cónego José Maria Gomes, com a colocação de uma cadeira por cada estabelecimento no centro da praça,  contendo o número de postos de trabalho em risco em virtude da pandemia.

Ricardo Pinto da Silva, presidente da AVH, deu nota ao Reflexo que “este protesto prendeu-se com a falta de ação por parte da Câmara relativamente ao setor”. O líder máximo desta associação frisou que o setor tem tido pouco apoio do município: “Após longos meses encerrados, tentamos dialogar, fizemos ver ao executivo municipal as necessidades que iam surgindo, mas o que é certo é que chegámos a este ponto e o apoio por parte da Câmara Municipal é manifestamente pouco”.

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, esteve no Largo Cónego José Maria Gomes, tendo-lhe sido entregue um manifesto com as principais ideias da AVH.

Segundo Ricardo Pinto da Silva, o autarca comprometeu-se a analisar o documento. “O que nos transmitiu foi que iria analisar o manifesto, que nos irá chamar para debater os pontos que lá constam, e fez uma declaração e compromisso no local, de que serão estudadas medidas de apoio ao setor. Vamos aguardar serenamente pela tomada de decisões que possam minorar a situação”, sustentou.