Assembleia de Freguesia em Ponte muito agitada politicamente. Esta noite, homenagem ao Presidente da Câmara
Assembleia de Freguesia em Ponte muito agitada politicamente. Esta noite, homenagem ao Presidente da Câmara
Alfredo Oliveira
Quarta-feira, Junho 21, 2017

A última assembleia de freguesia ordinária do atual mandato ficou ainda marcada pelo cumprimento de um minuto de silêncio na sequência do trágico acontecimento de Pedrógão Grande. Em termos políticos, a assembleia ficaria marcada pela retirada de confiança política da coligação JpG a alguns dos seus eleitos nas últimas autárquicas. O presidente da Assembleia de […]

A última assembleia de freguesia ordinária do atual mandato ficou ainda marcada pelo cumprimento de um minuto de silêncio na sequência do trágico acontecimento de Pedrógão Grande.
Em termos políticos, a assembleia ficaria marcada pela retirada de confiança política da coligação JpG a alguns dos seus eleitos nas últimas autárquicas.

O presidente da Assembleia de Freguesia, Hermenegildo Encarnação, fez o anúncio na última segunda-feira (dia 19), tendo lido um texto da coligação JpG que lhe foi entregue pelos líderes concelhios de Guimarães do PSD e CDS, respetivamente, César Teixeira e Orlando Coutinho, que se deslocaram a Ponte expressamente para esse efeito.

No referido texto, foi recordado que, em 2013, a coligação Juntos por Guimarães venceu as eleições para a Assembleia de Freguesia de Ponte, retirando o PS do poder, tendo Sérgio Castro Rocha assumido a presidência da Junta de Freguesia. Foi ainda rememorado que, em abril deste ano, na sessão evocativa do 25 de Abril de 1974, a concelhia do PS apresentou oficialmente Sérgio Castro Rocha como seu candidato à Junta de Freguesia de Ponte, tendo apontado esta como a causa próxima para a tomada de posição do PSD e CDS.

Assim, dos membros eleitos para a Assembleia de Freguesia de Ponte em 29 de setembro de 2013, apenas os seguintes continuam a merecer a confiança política da coligação JpG e a integrar o seu Grupo Parlamentar com direito de intervenção na referida Assembleia: Hermenegildo Encarnação; Sérgio Vieira Barbosa; João Oliveira Almeida, Armando de Sousa Mendes e Ana Sofia Santos Mendes.
No período “Antes da Ordem do Dia”, Daniel Salazar, eleito pela CDU, referenciou algumas situações da freguesia e mostrou-se desagradado com a Mesa da Assembleia de Freguesia por não ter cumprido o Regimento quanto ao envio das convocatórias para a Sessão Solene do dia 21 de junho. De imediato, o presidente da Assembleia de Freguesia assumiu o erro apresentando a todos os membros as respetivas desculpas e passado a palavra ao presidente da Junta de Freguesia para que, na área da sua competência, respondesse às questões colocadas pelo eleito da CDU, relativas à gestão do executivo.

Como o presidente da Junta de Freguesia tivesse intenção de se referir ao envio das convocatórias para a sessão solene do dia 21 de junho, o presidente da Assembleia de Freguesia retirou-lhe o uso da palavra. A mesma situação ocorreu com os membros eleitos pela Coligação Juntos por Guimarães entretanto despojados de confiança política, não lhes tendo sido concedido o uso da palavra.

No final da reunião, o presidente da Assembleia de Freguesia solicitou que o executivo e os membros da Assembleia de Freguesia reunissem em privado, desconhecendo-se o motivo ou o assunto aí tratado.

Assembleia extraordinária condecora Presidente da Câmara
É neste ambiente político que decorrerá a sessão solene comemorativa do dia de elevação de Ponte a Vila em que será entregue a Medalha de Honra da Freguesia de Ponte a Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães.

Recorde-se que esta condecoração viria a ser aprovada na Assembleia de Freguesia de Ponte de 28 de abril, tendo-se registado as abstenções do PS e da CDU.

Esta sessão está marcada para o salão paroquial, sito no Largo da Igreja de Ponte, tem início pela 21h e será abrilhantada pela Orquestra do Norte, que atuará no âmbito do programa Excentricidade.