PUB
  POLÍTICA   Declaro-me oficialmente não candidato
Segunda-feira, Julho 28, 2008

Nas últimas eleições autárquicas, realizadas em 2005, apresentei-me como candidato a presidente da Junta de Freguesia de Caldelas, encabeçando a lista do Partido Socialista, ainda que sendo independente.

Embora não tendo grande experiência, quer política, quer autárquica, aceitei o desafio que me foi lançado. Para isso, apresentei um projecto e um programa eleitoral em cuja concretização acreditava plenamente. A acompanhar-me tinha um grupo de pessoas de que muito me orgulho e, como disse na altura, era o melhor conjunto de pessoas que alguma vez teria formado uma lista concorrente à Junta de Freguesia de Caldelas. Pessoas dedicadas, dinâmicas, responsáveis, honestas, trabalhadoras e com provas dadas a título profissional e associativo.

Mas, o resultado eleitoral foi esclarecedor. A lista e o projecto apresentados foram preteridos pela maioria dos eleitores taipenses.

Democraticamente, aceitei os resultados e, ao invés de “bater com a porta”, seguindo pelo caminho mais fácil, optei por assumir as minhas responsabilidades e tomar posse como membro da Assembleia de Freguesia, como sinal de respeito por todos aqueles taipenses que em nós votaram. A tarefa não foi, nem tem sido, nada fácil e agora percebo porque motivo se ouve, de quando em vez, alguém afirmar que é muito difícil fazer oposição em Portugal.

Agora, a pouco mais de um ano das próximas eleições autárquicas, começam-se a definir e a formar as listas concorrentes.

Tudo o que até aqui escrevi serviu de introdução para anunciar oficialmente que não serei candidato a presidente da Junta de Freguesia de Caldelas. Trata-se de uma decisão pessoal e irreversível que se funda, apenas e só, em razões de natureza familiar e profissional. E embora já tenha intimamente tomado esta decisão há algum tempo, entendo ser este o momento oportuno para a divulgar publicamente.

Apesar da minha não recandidatura, não abandono aqueles que comigo integraram a lista em situação de naufrágio. Na verdade, a lista por nós apresentada em 2005 procedeu a uma renovação e rejuvenescimento de pessoas que asseguram um futuro promissor e a certeza de vitórias eleitorais.

Termino, agradecendo publicamente a todos os eleitores que em mim votaram e àqueles que fizeram o favor e me deram a honra de fazer parte da lista. A todos eles o meu muito obrigado e um grande bem-haja!!