PUB
  SAÚDE   Próstata: que grande aborrecimento…
Sexta-feira, Novembro 2, 2007

Após os 50 anos e numa percentagem significativa dos homens, este pequeno órgão – com o tamanho de uma castanha, com a ponta para baixo e com cerca de 20 gramas – escondido na cavidade inferior do abdómen, por baixo da bexiga e “colada” ao recto, isto é, a parte terminal do intestino que acaba no ânus, começa a dar sinais de vida que incomodam sobremaneira de quem deles padece.

De facto, embora passe a maior parte da nossa vida a prestar-nos um serviço valioso a que não atribuímos importância, mais tarde e talvez por despeito, começa a aborrecer-nos solenemente…

A próstata contribui com uma grande variedade de produtos para o sémen, isto é, o produto da ejaculação durante o acto sexual. E faz isto ao longo de toda a nossa vida sem se queixar. No entanto, com o avançar da idade, no interior da glândula prostática inicia-se um crescimento das células que vai levar a um aumento do volume da glândula. É este aumento de volume que vai dar origem às queixas que trazem os doentes à nossa consulta.

Parte destas queixas tem a ver com o facto da próstata, ser atravessada por um canal, a uretra, por onde passa a urina que vem da bexiga. O crescimento não se dá apenas para o exterior mas também para o interior da glândula. Alguns doentes queixam-se, por exemplo, de diminuição da força do jacto urinário que em vez de se dirigir para longe, começa a querer molhar os sapatos… Isto acontece devido ao aperto do canal que passa no interior da próstata. Quando, mesmo fazendo força, não se consegue vencer a resistência , só uma algália o consegue..
Todos nós tivemos ou temos conhecimento de alguém que a teve que usar.

26