PUB
“Quase” pleno para Taipenses no Rallye de Vila Verde
Segunda-feira, Julho 2, 2007

Teve lugar nos passados dias 29 e 30 de Junho, o Rallye de Vila Verde. Prova organizada pelo Clube Automóvel do Minho, composta por 10 Especiais de Classificação todas em asfalto.

O Rallye começou na sexta-feira à noite com uma super-especial de total agrado do muito público presente. O rallye começava a sério na manhã do dia seguinte.

A 1.ª PEC seria madrasta para a dupla do Fiat Punto David Silva/Augusto Mendes que a meio da classificativa foi obrigada a parar com um problema numa roda, realizando o 54.º tempo da geral. Por seu turno, o estreante Júlio Silva que fazia dupla com José Marques aos comandos do outro Punto eram os melhores representantes das Taipas à geral seguidos de muito perto, leia-se 0.020s, por Eurico Gomes/Rui Ribeiro que começavam a queixar-se de problemas com sobreaquecimento de travões e problemas com fusíveis (problema que os afectou ao longo de toda a manhã fazendo-os perder 16 minutos para o piloto que o precedia).

Decorridas as 6 classificativas da manhã, tendo havido neutralização de uma delas, David Silva ascendia ao 25.º posto da geral, seguido de Júlio Silva/José Marques no 33.º posto, com Eurico Gomes a perder muito tempo com o problema que o vinha afectando durante toda a manhã, relegando-o para o último lugar.

Na parte da tarde as nuvens ameaçavam os troços de Vila Verde mas não passaram disso mesmo. Uma baixa de vulto na “armada das Taipas”, a dupla do Swift não chegou a sair do parque de assistência com um problema de caixa de velocidades sem solução.

A parte da tarde era composta por 3 classificativas, as quais continham zonas com velocidades extremamente elevadas exigindo muito de pilotos e máquinas.

Júlio Silva continuava o seu trabalho de adaptação com tempos muito bons à geral porém queixava-se dos pneus montados e da suspensão (demasiado macia).

Por seu turno David Silva procurava recuperar o tempo perdido na manhã, sabendo no entanto tratar-se de uma situação difícil.

Realizadas as últimas 3 especiais a melhor dupla das Taipas acabou por ser David Silva/Augusto Mendes com o 23.º posto da geral e 4.º da sua classe seguidos de Júlio Silva/José Marques no 30.º posto e 5.ª da classe.

De acordo com David Silva “foi uma prova difícil da parte da manhã em especial na 1.ª PEC. Procuramos forçar o andamento ao longo do rallye pese embora o facto de ser a 1.ª prova que disputamos em asfalto, já que em Cerveira ficamos logo na 1.ª classificativa. Na última PEC conseguimos fazer o 15.º tempo, mas a embraiagem já estava a dar sinais de fadiga”. Augusto Mendes frisa tratar-se de “um excelente resultado para todos aqueles que estão envolvidos no projecto e aproveito para agradecer a todos os que se deslocaram este rallye para nos apoiar”.

Sobre a sua prova, Júlio Silva referiu que “foi uma experiência espectacular. Um primeiro contacto com o carro. Vamos agora tentar modificar a suspensão que certamente tornará o carro mais fácil de conduzir”. Por sua vez José Marques, de volta ao activo após quase 3 anos de interregno foi da opinião de que “fizemos um rallye para o Júlio se ambientar. As coisas funcionaram bem e divertimo-nos imenso”.

Artigos Relacionados