PUB
  POLÍTICA   “Óscares 2006”
Quinta-feira, Janeiro 4, 2007

No final do ano é usual fazerem-se balanços. Aqui fica o meu para 2006, destacando aquilo que de mais positivo e importante aconteceu na nossa vila. Trata-se de uma análise pessoal e subjectiva e, como tal, imperfeita. Por isso, peço que me relevem algum esquecimento ou injustiça cometida.
Aqui vão os meus “Óscares” para 2006:

ARMANDO MARQUES – Ao nível político, o destaque deverá ir todo para o tesoureiro da Junta. Depois de muita perseverança, conseguiu o que sempre ambicionou: subir ao poder com o seu PSD. Ao mesmo tempo, durante este ano, Armando Marques foi cimentando a sua posição dentro do executivo e assumindo-se como o seu maestro, quem sabe, com perspectivas de ir mais longe…

AVEPARK – O Avepark começa a “mexer”. Primeiro garantiu o Instituto Europeu de Excelência de Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa (o único deste género na Europa) e, mais recentemente, o I3N – Instituto de Nanotecnologias, Nanomodelação e Nanofabricação. A par destas boas notícias, vamos tendo também conhecimento de algumas empresas de base tecnológica que se preparam para adquirir terrenos naquela zona.

C.A.R.T. – O único representante concelhio da modalidade de hóquei em patins obteve um êxito histórico com a subida da sua equipa sénior à II Divisão Nacional.

CENTRO PASTORAL – Merece destaque pelo arranque da sua construção, um sonho da paróquia e do nosso Reitor. Começou bem e com força. Oxalá obtenha os apoios e ajudas financeiras que permitam concluir a obra o mais breve possível.

CENTRO SOCIAL PADRE M. JOAQUIM DE SOUSA – Finalmente viu concretizado o sonho de instalação de uma creche e conseguiu, também este ano, transferir os utentes do Centro de Dia, da Rua António Barros para junto da sede da instituição.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS – A Escola Secundária atingiu, definitivamente, o estatuto de maioridade com a anunciada assinatura do contrato de autonomia com o ministério da Educação. É a primeira escola do concelho a atingir tal meta.

MONOGRAFIA DA VILA – Sem dúvida um dos mais importantes acontecimentos do ano que agora finda e que vem colmatar uma falha cultural da freguesia. Parabéns, não só ao anterior executivo da Junta que concebeu e lançou a ideia, mas também à actual Junta de Freguesia que foi capaz de tornar real este objectivo.

SMARTINI – A banda taipense ultrapassou as fronteiras regionais e expandiu-se. Conquistou alguns prémios musicais, começou a passar em rádios nacionais de referência e deu concertos de Norte a Sul do país. Ficamos à espera do tão desejado álbum.

E para o ano há mais… e, de preferência, melhores ainda!