PUB
Vários temas ligados ao ambiente, em destaque: o aterro de Ponte, os incêndios e os parque eólicos no Minho
Sexta-feira, Fevereiro 10, 2006

“Os Verdes” levam aterro de Ponte à ordem de trabalhos parlamentares O partido ecologista “Os Verdes” vai levar à Assembleia da República o caso de um alegado aterro ilegal que existe na vila de Ponte, Guimarães. (…) A Brigada de Ambiente da GNR esteve no local e procedeu ao auto de notícia que foi enviado […]

“Os Verdes” levam aterro de Ponte à ordem de trabalhos parlamentares

O partido ecologista “Os Verdes” vai levar à Assembleia da República o caso de um alegado aterro ilegal que existe na vila de Ponte, Guimarães. (…) A Brigada de Ambiente da GNR esteve no local e procedeu ao auto de notícia que foi enviado para a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

Jornal de Notícias

Mais de sete mil incêndios no Minho queimaram quase 40 mil hectares

Nos distritos de Braga e de Viana do Castelo houve, entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2005, sete mil 188 incêndios florestais e fogachos, que queimaram uma área de 39 mil 422 hectares. (…) Os valores provisórios apresentados em termos de distribuição geográfica das áreas ardidas e das ocorrências permitem concluir que no distrito de Braga houve, o ano passado, mil 119 incêndios florestais, o que coloca o distrito na terceira posição em termos dos distritos do território continental.

Diário do Minho

Secretário de Estado Adjunto da Industria e Inovação inaugura primeiros parques eólicos do Vale do Minho

O Secretário de Estado Adjunto da Indústria e da Inovação, António Castro Guerra, corta hoje a fita dos primeiros parques eólicos do Vale do Minho. Ao todo o maior projecto público privado no Vale do Minho representa um investimento na ordem dos 370 milhões de euros e deverá estar concluído em 2007.
Depois de Cerveira e Caminha, faltam construír os parques eólicos de Melgaço, Monção, Paredes de Coura e Valença.

Antena Minho

Artigos Relacionados