PUB
Vídeo | “Guimarães: a tradição das cutelarias” no Salão Nobre dos Bombeiros
Sexta-feira, Julho 18, 2014

A exposição está aberta ao público, todos os dias da semana, com acesso grátis, no seguinte horário: – de Segunda a Sexta – 10h às 12h e das 15h às 18h. Aos Sábados e Domingos das 15h às 19h.

A Exposição “Guimarães: a tradição das cutelarias” foi reapresentada no dia 12 de Julho, no Salão Nobre da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas.

Na sessão de reabertura, realizada no auditório da corporação dos bombeiros taipenses, os diferentes intervenientes, membros da Comissão Organizadora da iniciativa, foram unânimes em apontar a realização desta mostra como um primeiro passo no sentido de se instalar em Guimarães um Museu da Industria concelhia ou, na impossibilidade de o fazer, pelo menos continuarem o trabalho de recolha e exposição de meios e artefactos que fizeram parte da indústria vimaranense e que estão na memória coletiva do concelho. Ricardo Costa, em representação da Câmara Municipal de Guimarães, mostrou-se “totalmente favorável” ao repto lançado pelos seus antecessores de intervenção, referindo até que seria importante que “passássemos a mostrar ao mundo esta marca industrial de Guimarães”

A Exposição, visitada a seguir por todos os presentes, documenta uma das indústrias tradicionais de Guimarães e é constituída por cerca de 600 peças diferentes de cutelarias e dezenas de livros e documentos. Inclui também uma exposição de vitrines com produção atual de todas as fábricas de cutelarias em laboração e ainda por uma mostra do trabalho realizados por alunos da EB 2,3 das caldas das Taipas, no âmbito de um Curso Vocacional de Cutelaria.

Esta Mostra está aberta ao público, todos os dias da semana, com acesso grátis, no seguinte horário: – de Segunda a Sexta – 10h às 12h e das 15h às 18h. Aos Sábados e Domingos das 15h às 19h.