PUB
“APARKEX” – simulacro envolve 230 operacionais e 71 viaturas
Segunda-feira, Abril 2, 2018

Um acidente entre duas viaturas ligeiras que causou um morto e três vítimas graves encarceradas numa dessas viaturas, envolvendo ainda um veículo pesado de transporte de materiais perigosos, foi o mote para o maior simulacro no distrito de Braga, que decorreu no Avepark, no passado dia 31 de março.

O exercício denominado “APARKEX” estendeu-se ainda ao edifício do Spin Park, que serviu como local de incêndio e de diversas explosões causadas pelo camião sinistrado. Daqui resultaram 15 vítimas que tiveram de ser socorridas no posto médico avançado instalado no local e depois transportadas para o hospital de Guimarães.

Neste cenário, estiveram envolvidos 230 operacionais de todas as forças, dos quais 174 bombeiros de todas as corporações do distrito. No terreno estiveram 57 veículos ligados às corporações dos bombeiros, num total de 71 viaturas.

Hermenegildo Abreu, comandante Distrital das Operações de Socorro (CODIS) de Braga, mostrou-se satisfeito com a operação montada: “Foram dois meses de preparação, tivemos o aval do presidente da Câmara e tivemos hoje o corolário. Vamos analisar tudo isto para a semana e vamos tirar as conclusões, mas, de acordo com as informações recolhidas até ao momento, o exercício decorreu como o previsto. Tivemos todos os agentes da proteção civil envolvidos neste exercício, em quatro cenários diferentes, mas a acontecer ao mesmo tempo”.

Domingos Bragança, responsável máximo pela proteção civil em Guimarães, referiu que sairia do Avepark “tranquilo” depois de ter visto a atuação das forças de socorro e segurança: “Os vimaranenses podem confiar nas forças operacionais de proteção civil e dos seus operacionais e respetivos comandos”.
Defendeu este tipo de exercícios e acrescentou que deveriam ser alargados a outras situações, caso de “inundações, áreas florestais e meio urbano”, para, como referiu, se “existem os meios adequados”, fazer face a determinadas situações críticas.