PUB
António Amaro das Neves é o Mandatário Autárquico da CDU
António Amaro das Neves é o Mandatário Autárquico da CDU
Terça-feira, Julho 11, 2017

O investigador de assuntos históricos foi apresentado por Torcato Ribeiro e Mariana Silva como mandatário da candidatura às autárquicas da CDU.

Mariana Silva, candidata da CDU à Assembleia Municipal, apresentou o mandatário: “António Amaro das Neves, cidadão de Guimarães, licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Mestre em História das Populações e doutorando em História Moderna pela Universidade do Minho. Professor do ensino secundário. Exerceu funções docentes na Universidade do Minho, como assistente convidado”.

É ainda investigador do Grupo de História das Populações CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória. Foi presidente da Direcção da Sociedade Martins Sarmento e membro do Conselho Cultural da Universidade do Minho e do Conselho Geral da Fundação Cidade de Guimarães. Coordenou a Casa de Sarmento – Centro de Estudos do Património, Unidade Cultural da Universidade do Minho.

António Amaro das Neves dedica-se ao estudo da Demografia Histórica, sendo autor de diversos estudos sobre o fenómeno dos nascimentos fora do casamento e a sexualidade na Idade Moderna na região do Baixo Minho. É apaixonado pela história local de Guimarães, com trabalhos dispersos por diferentes publicações, em livros e em revistas, como autor e co-autor. É autor do blogue Memórias de Araduca, onde escreve sobre assuntos de história e cultura, quase sempre com Guimarães como tema.”

Segundo um comunicado da CDU, na sua  intervenção  inicial,   o  Mandatário   da   CDU,   começou  por  afirmar  que  não   se  assume  como independente, mas como “cidadão sem partido comprometido com a sua cidade”, que entende que “a participação dos cidadãos tem vindo a empobrecer em Guimarães, uma terra há muito marcada por uma cidadania activa vigorosa que, em diferentes momentos, foi suficientemente forte para fazer repensar e alterar decisões dadas como assumidas pelo poder político”. Notou também o papel dos eleitos da CDU, em décadas governação democrática da cidade, destacando a sua contribuição para o lançamento e o desenvolvimento do processo de requalificação urbana do Centro Histórico de Guimarães que conduziria ao seu reconhecimento pela UNESCO como Património Mundial.

Torcato Ribeiro, candidato da CDU a presidente da Câmara Municipal de Guimarães, não deixou de  agradecer a disponibilidade demonstrada pelo Mandatário, dizendo que “a CDU assume-se como um projecto de honestidade, trabalho e competência, profundamente ligado aos interesses dos vimaraneneses, com uma visão larga e de futuro para esta terra de história, trabalho, liberdade e luta”.