Excentricidade: Paulo Rodrigues
13
Janeiro
21:30h

Auditório dos Bombeiros / Caldas das Taipas

Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas, Guimarães, Portugal, 41.4876081, -8.347718799999939

Excentricidade: Paulo Rodrigues

“Pontas Soltas”, uma coletânea de alguns originais de uma parceria compositora entre Paulo Rodrigues e Miguel Bastos. É um disco que celebra um manancial criativo do Médico Dentista e do Engenheiro Civil, que vem dos tempos em que adolescentes, colegas de carteira do Liceu de Guimarães, compõem o primeiro tema conjunto. Passam mais tarde pelas Danças de S. Nicolau, com inúmeros originais criados, seguem pela Guimarães CEC 2012 onde deixam “Vimaranencidade” e “Tua casa em Portugal” no CD “Guimarães no Coração” e levam hoje já mais de meia centena de temas de sua autoria. Paulo Rodrigues, o violeiro, intérprete e autor das músicas e Miguel Bastos o autor de quase todas as letras.

Este primeiro trabalho, revela uma música portuguesa saudável, de gente construtiva e atenta, que ama Portugal. Reflete um amor pelo Portugal das crises e da esperança, do sal, do mar, do interior mais esquecido. Pelo Portugal dos cidadãos livres, dos poetas, do fado. Um amor particularmente marcado por Guimarães, o seu berço, pelo seu património histórico, cultural, ambiental e humano, com vários temas inspirados nesse seu território e a ele dedicados.

Paulo Rodrigues compositor e intérprete natural de Guimarãesm inicia-se na música em aulas de piano e viola no Circulo de Arte e Recreio aos seis anos acabando a viola por ser a sua
companheira de percurso. Na universidade passa pela secção de fado da Associação Académica de Coimbra e integrando o grupo de fado “Tempos de Coimbra” tocando na Serenata Monumental de 1994. Em 2007 frequenta a Escola de Jazz do Porto onde se dedica especialmente à Bossa Nova. No Brasil descobre a Viola Caipira e tem por Mestre Adolfim da Viola. Por esse instrumento tem grande paixão, até porque vem a saber que na sua ancestralidade este terá origens em Guimarães.

Ao longo dos últimos dez anos tem acompanhado amigos como Tino Flores, Luís Almeida e Ana Silva. Reúne um conjunto de grandes músicos amigos como Mário Gonçalves (bateria); Zecas (baixo); Duarte (guitarra); Tiago
Simães (piano e direção musical); Manuel d’Oliveira (guitarrista convidado), Quiné (Percussões), João Frade (acordeão); Pedro Paredes (Guitarra Portuguesa); Pedro Mouga (estúdio SPL) e no final de 2015 lança finalmente um disco de originais de seu nome “Pontas Soltas”.