PUB
Afirmar as Taipas, Afirmar Guimarães
Quinta-feira, Junho 29, 2017

No passado dia 17 de junho tive a oportunidade de acompanhar André Coelho Lima na visita institucional que realizou à freguesia de Caldelas, enquadrada nos contactos com instituições e pessoas que tem vindo a realizar ao longo do atual mandato autárquico a todas as freguesias de Guimarães. André Coelho Lima tem dedicado muito do seu tempo a conhecer melhor o nosso Concelho, Freguesias, instituições e empresas. Procurar perceber com humildade as dinâmicas locais, os problemas, anseios e desafios da comunidade, criando canais diretos e privilegiados de diálogo, auscultação e consulta dos cidadãos é a base para a construção de um Programa Político que traduza uma nova visão para o desenvolvimento de Guimarães e que efetivamente melhore a qualidade de vida dos Vimaranenses. Foi com base nessa experiência que vem acumulando e proximidade com as pessoas, que apresentou propostas e compromissos concretos para as Taipas, no âmbito da sua candidatura a Presidente de Câmara:

A criação de uma avenida urbana entre as Taipas e Guimarães, ou seja a requalificação de EN101, com quatro faixas de rodagem, ciclovia, passeios em toda a sua extensão e via para Transportes públicos. “Nós queremos uma via que resolva o problema às pessoas” disse André Coelho Lima. Pergunto aos Vimaranenses, aos Taipenses em particular: Não deve ser este o objetivo principal de quem Governa a autarquia, resolver os problemas às pessoas e melhorar as suas condições de vida? Há duvidas que a requalificação da EN101 é bem mais importante para esse objetivo do que a construção da via dedicada ao Avepark defendida pelo Partido Socialista e Domingos Bragança?

Requalificação do Centro da Vila, defendendo que o Projeto deve prever alternativas de estacionamento, designadamente subterrâneo, que permita conciliar uma zona pedonal e comercial com o conforto das pessoas. Apesar de Domingos Bragança ter vindo a público apresentar no último ano de mandato, a poucos meses das eleições autárquicas, o projeto de requalificação do Centro Cívico das Taipas, importa recordar que nas eleições de 2013 a candidatura à Câmara Municipal da coligação Juntos por Guimarães, bem como a candidatura à Junta de Caldelas, foram as primeiras a defenderem publicamente um projeto de requalificação para a Avenida da República e restante Centro Cívico das Taipas – “Uma intervenção que honrasse a dimensão termal e sobretudo urbana que a vila das Taipas tem como centralidade de toda aquela região do concelho de Guimarães”. Mais uma vez se vê e distingue quem tem vontade, ideias, determinação em resolver os problemas das pessoas e quem meramente se lembra delas a propósito das eleições.

A ligação à autoestrada da zona noroeste de Guimarães. Atualmente existem três ligações, zonas de saída/entrada – Serzedelo, Urgezes e Silvares. Sendo esta zona uma das mais populosas do nosso Concelho não faz todo o sentido uma ligação direta à autoestrada? Mais uma vez se pergunta, não contribuirá esta proposta bem mais para melhorar a qualidade de vida dos Taipenses, dos que vivem e trabalham na zona noroeste do nosso Concelho, do que a construção da Via dedicada ao Avepark (que servirá poucos com o atual traçado definido pelo PS e Domingos Bragança)?

Distribuição do Capital Social da Taipas Turitermas entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia, sendo a nomeação do seu Presidente realizada após recomendação da Junta de Freguesia. Esta proposta faz todo o sentido, transformado a Turitermas numa verdadeira Cooperativa das Taipas, ao serviço dos interesses Taipenses, contrariamente ao que vem fazendo o PS à frente da autarquia através da afirmação do poder centralizador e sua utilização como instrumento de contrapoder à junta de freguesia local.

Uma nova visão para Guimarães, virada para o Futuro, implica olhar com atenção para as Pessoas e para a coesão de todo o nosso território Concelhio. A promoção do Emprego, criando condições para a instalação e ampliação de empresas, a criação de novas acessibilidades, promovendo a mobilidade daqueles que cá vivem, trabalham ou nos visitam, interligando a Cidade com as Vilas e freguesias, assim como a requalificação dos centros Cívicos das Vilas são aspetos determinantes para esta nova visão sobre o futuro do nosso Concelho, onde afirmar, melhorar e requalificar as Taipas, significa Melhorar Guimarães.

P.S. O Partido Socialista anda muito indignado pelo facto de André Coelho Lima ter apresentado o compromisso de resolver em 12 meses aquilo que o Partido Socialista não resolveu em 12 anos – o desnivelamento do acesso à autoestrada, descongestionando o trânsito infernal de quem tem de entrar ou sair de Guimarães através da rotunda de Silvares em hora de ponta. Mais uma vez se vê quem anda atento aos problemas dos Vimaranenses e de Guimarães. Vir agora o PS, correndo atrás do prejuízo, colocar outdoors a dizer que o projeto está em execução, só demonstra o desespero e desorientação. O tal contrato assinado pelo Presidente de Câmara em Março aquilo que diz é “ A Infraestruturas de Portugal promoverá o estudo das soluções técnicas que melhor se adequem à melhoria das condições de circulação no nó de Silvares de acesso à A11”. André Coelho Lima já estudou, já apresentou a solução e comprometeu-se a realizá-la em 12 meses! Além disso, a solução por si apresentada – a de um viaduto – é mais barata, mais rápida, causa menos constrangimentos e tem menos riscos na sua execução.