PUB
A Oficina serviu programa para o primeiro quadrimestre de 2020
A Oficina serviu programa para o primeiro quadrimestre de 2020
Bruno José Ferreira
Terça-feira, Janeiro 14, 2020

A Cooperativa A Oficina apresentou esta terça-feira a programação referente ao primeiro quadrimestre de 2020, dando a conhecer a sua atividade num contexto diferenciado do habitual. Foi na cozinha da Casa da Memória que se serviram os principais pratos dos primeiros quatro meses do ano.

Em janeiro realiza-se mais uma edição dos “Encontros para Além da História”, que decorrerão no Centro Internacional das Artes José de Guimarães no dia 18. Em fevereiro terá lugar uma das novidades do cartaz, nomeadamente três espetáculo no Centro Cultural Vila Flor (CCVF) intitulados “Perspetivas sobre o Poder”. Nota ainda para a atuação de Capitão Fausto no CCVF já no mês de janeiro, um concerto que já está esgotado.

Rui Torrinha, diretor artístico d’A Oficina, destacou que “o projeto d’A Oficina é o mais completo de Portugal, porque contempla os mais diversos quadrantes”. Durante a cerimónia o director executivo d’A Oficina, Ricardo Freitas, anunciou a realização de formações direcionadas para os Bordados de Guimarães e ainda de olaria vocacionada para a Cantarinha dos Namorados.

A vereadora da Cultura da Câmara municipal e Guimarães, Adelina Paula Pinto, frisou que “A Oficina está na plenitude da sua maturidade” após ter passado por tempos mais conturbados. “Guimarães continuará a ser um território diferente na cultura e 2020 faremos a diferença a nível cultural”, vincou.

A apresentação decorreu, como já foi referido, na cozinha da Casa da Memória durante um almoço temático de Liliana Duarte.

Programação completa.