PUB
Vieira da Silva visita Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro em St.ª Eufémia
Sexta-feira, Abril 11, 2008

Na passagem do seu segundo aniversário, o Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro, em Santa Eufémia de Prazins, recebeu a visita do Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva

A tarde foi de festa para os utentes do Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro, em Santa Eufémia de Prazins. Já perto das 16 horas recebiam a visita de Vieira da Silva, Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, no dia em que aquela valência social assinala o seu segundo aniversário.

O membro do Governo, recebido pelo Rancho Folclórico de S. Torcato, fez-se acompanhar pelo Secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques bem como por António Magalhães, presidente da Câmara Municipal de Guimarães e pelo Governador Civil de Braga, Fernando Moniz. Quem também marcou presença foi a deputada socialista Sónia Fertuzinhos.

A anfitriã da instituição, Elvira Fertuzinhos, também presidente da Junta daquela freguesia, conduziu a vasta comitiva e respectivos convidados a uma detalhada visita a todas as valências daquele Centro Social.

Depois de alguma troca de impressões entre os diversos elementos da comitiva com os utentes daquele espaço, foi descerrada uma placa comemorativa, a assinalar a passagem do segundo aniversário da instituição.

Seguiram-se as palavras de circunstância, com Elvira Fertuzinhos a revelar os passos e as dificuldades sentidas pelos “obreiros” duma obra que demorou 10 anos a entrar em funcionamento. Ao mesmo tempo congratulou-se e agradeceu os apoios concedidos a nível autárquico e governamental para que tal projecto se tornasse uma realidade. Destacou o importante papel social que a entidade que lidera desempenha ao nível, não só da freguesia de que é presidente de Junta, como também das restantes freguesias vizinhas.

Por sua vez, António Magalhães salientou, na pessoa de Elvira Fertuzinhos, a coragem que toda uma equipa de entusiastas empregou na prossecução de objectivos comuns para fazer nascer a obra em causa. O edil vimaranense acabou mesmo por afirmar que, naquela altura, “Elvira Fertuzinhos meteu a sua cabeça onde, eu próprio, não meteria a minha”.

Vieira da Silva encerrou a cerimónia tecendo rasgados elogios ao trabalho desenvolvido no âmbito do seu ministério, pelo concelho de Guimarães. “São 57 instituições, em todo o concelho de Guimarães, com acordos com a Segurança Social para a prestação dos mais variados serviços sociais. É muito significativo. É dos concelhos do país que mais contribui na prestação de serviços de solidariedade social”. Na situação particular do Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro, fez questão de assinalar a vontade e empenho de todos os intervenientes em levar avante, com escassos meios, uma obra de que a freguesia se pode orgulhar.

Texto: Manuel António Silva

Artigos Relacionados