PUB
Uma parábola super-actual!…
Sábado, Março 2, 2002

As FRALDAS são o símbolo do usar e deitar fora. Os produtos hoje têm prazo de validade e, muitos deles, só se podem usar uma vez. E o que acontece com os produtos, acontece com as ideias, os valores e as pessoas. O que hoje vale, amanhã já não presta!

O MICRO-ONDAS é o modelo do efeito instantâneo, sem tempo nem necessidade de amadurecer, de dar gosto à comida. O nosso tempo perdeu a paciência e a cozinha a lenha, para dar sabor à comida. Hoje nada amadurece, não se respeitam etapas nem ritmos de crescimento gradual. Tudo é feito à pressão: os frangos, as alfaces e os tomates, as orações e as reuniões. Não há tempo para nada. Mas a maturidade não acontece, não se faz sem caminho e sem paciência.

A ASPIRINA e os seus parceiros são símbolo da recusa de qualquer incómodo, a começar por uma qualquer dor de cabeça ou previsível dor de dentes. Ninguém se atreve a sair de casa sem a caixinha de analgésicos. Hoje, de facto, não sabemos viver sem todas as comodidades e não queremos que ninguém nos incomode. Estamos, de facto, sem capacidade de sofrer, sem capacidade de aguentar qualquer contrariedade, no crescimento, no casamento, na vida familiar e social, nas amizades, no trabalho, etc.

Cada um pode começar a tirar desta parábola as conclusões que bem entender!…
Para quem é crente, e principalmente neste tempo mais favorável de Quaresma, esta parábola pode servir de reflexão para converter, para mudar, para empreender ou melhorar atitudes positivas e libertadoras de qualquer tipo de escravidão, para vivermos verdadeiramente alegres e felizes, em Páscoa constante! A Páscoa também é isto: ter menos para SER MAIS!

Neste sentido, aproveito para desejar a todos SANTA E FELIZ PÁSCOA, E SEMPRE!

Por

26