Terceira edição da iniciativa “Dar Vida à Vila” decorrerá durante dois dias
Quinta-feira, Setembro 15, 2016

Programa começa na sexta-feira com a Black Friday, onde várias lojas do comércio local farão promoções de propósito para a ocasião. A iniciativa “Dar Vida à Vila” acontecerá nos dias 16 e 17 de Setembro.

O Partido Socialista de Caldas das Taipas organiza pelo terceiro ano consecutivo a iniciativa “Dar Vida à Vila” no sentido de “promover, envolver e dinamizar o riquíssimo comércio local da vila das Taipas e mostrar as muitas e boas associações que trabalham em prol daquela vila”, como se pode ler numa nota de divulgação da iniciativa.

A grande novidade desta terceira edição é o facto de se passar de um para dois dias de atividades. Assim, no dia 16 de setembro, a organização promove uma sexta-feira louca ou “Black Friday”, que arranca com um Sunset no centro da vila. Entre as 19h e as 23h, o comércio local estará aberto com descontos até 80%.

Também não faltará animação de rua. Animadores circenses, cuspidores de fogo, música e outros espetáculos vão dar vida e colorido ao comércio local. A sexta-feira termina com um concerto no centro da vila pelos Guimafloyd, a partir das 22h30.

Na manhã de sábado, a Avenida da República está reservada para as associações da vila que poderão evidenciar tudo aquilo que vão desenvolvendo ao longo do ano. A partir das 11h, com partida do recinto da feira semanal, realiza-se um desfile de charretes, aberto a toda a população.

Da parte da tarde, a partir das 16 horas, estão previstas duas iniciativas no parque de lazer onde cavalos e cães serão os principais protagonistas. Pelas 17h30, há descolagem e aterragem de parapentes no recinto da feira.

“Dar Vida à Vila” termina, como é hábito, com um desfile de moda no centro da vila, a partir das 21h00.

Luís Soares, em representação do PS taipense, destacou o grande envolvimento da equipa de voluntários, cerca de 150, que tornam possível esta iniciativa e o apoio de cerca de 50 empresas: “É um evento que já ganhou tradição, onde procuramos sempre inovar e que sem o contributo de todos não era possível concretizar”.

O representante socialista referiu que o público alvo está definido, mas, como referiu, pela evolução que o “Dar Vida à Vila” tem vindo a revelar, há um acentuar de visitas de muitas pessoas das freguesias circunvizinhas a Caldas das Taipas.

Luís Soares não revelou os valores envolvidos nesta iniciativa, mas fez questão de frisar que as receitas cobrem as despesas. Sobre a interrupção do trânsito na Avenida da República, durante o dia de sábado, o representante socialista considerou que este tipo de iniciativas vão acontecendo por todo o país e que as pessoas estão sensibilizadas para este tipo de eventos.