PUB
Taipense faz a ponte entre a China e as economias lusófonas
Quinta-feira, Abril 13, 2006

À margem do II Encontro Empresarial China/Países de Língua Portuguesa, que decorreu esta semana em Lisboa, um Taipense falou ao Jornal Tribuna de Macau sobre as ligações entre as economias dos dois países.

Pedro Vieira é sócio-fundador da Market Access (www.marketaccess.pt), uma empresa de consultoria em negócio internacional, com sede em Portugal, um escritório na China e representantes em mercados tão diversos como a Suécia, Japão, Hungria ou Moçambique.

Com um sócio chinês, a empresa tem apoiado diversas empresas portuguesas na entrada neste grande mercado asiático. Entre os projectos já implementados contam-se a abertura de lojas para a Habidecor-Abyss, o acompanhamento de várias empresas de moda, como a Lion of Porches e o apoio a empresas de cortiça, bens alimentares e mesmo a um conhecido operador turístico nacional, que pretende explorar o facto da China se estar a transformar no maior emissor de turistas do mundo.

Pedro Vieira, para além de taipense, foi um dos fundadores do jornal Reflexo, pelo que esta notícia é sempre suspeita…

Mais insuspeita é a notícia do Tribuna de Macau, que pode ser lida em:
Tribuna de Macau

Ou no pdf:
Noticia em pdf

O Encontro congregou 275 empresas, sendo 152 portuguesas e 123 provenientes da China e dos países de língua portuguesa, tendo-se realizado cerca de 620 encontros empresariais bilaterais.

Os promotores decidiram organizar um novo Encontro Empresarial em 2007, devendo o país anfitrião ser conhecido em Setembro.

Artigos Relacionados