PUB
Taipas que futuro…
Sexta-feira, Março 12, 2010

Urge a necessidade da realização de um debate alargado, a todos quantos queiram participar, sobre qual o futuro que as Taipas deve ter e consequentemente quais as atitudes que devemos ter no presente, tendo sempre presente o nosso passado, para projectar esse mesmo futuro.

Na minha opinião esse futuro deve claramente passar por projectar as Taipas como sendo uma Vila Termal. E porquê Taipas Vila Termal? Porque reúne todas as condições para se projectar numa vila termal. No passado era conhecida como uma Vila com grande afluência de visitantes, quer por pessoas que faziam o uso das águas medicinais no local onde estas nascem, denominados de aquistas, quer pela localização privilegiada que possuímos e pelas infra-estruturas, embora algumas degradadas, que existem. Temos um passado incontornável, temos uma boa história, temos termas (significa “banhos públicos dos antigos romanos”), diria que só nos falta a mesma sinfonia e união de vontades para que esta ideia passe a ser uma realidade sustentável.

Existem entidades e pessoas que defendem outro futuro, quer pelo slogan que impõem (“Taipas Capital da Cutelaria”), quer pelas atitudes e distanciamento verificado em relação as Termas. O nosso Presidente da Junta votou contra o orçamento Municipal onde estavam inscritos, nesse mesmo orçamento, uma verba de 500.000 € para a Cooperativa Taipas Turitermas. Defendendo, este mesmo Presidente da Junta, uma maior relação com as Termas, dizendo ao Jornal reflexo que “espera que as verbas das termas se multipliquem”. Quem vota contra 500.000 € para as Taipas como votaria se esse mesmo valor fosse multiplicado? Não quero, nem sequer pensar, qual seria a atitude deste Presidente de todos nós. Sejamos íntegros nas atitudes que tomámos. Quem vota contra não pode a seguir defender o contrário. Comportamentos destes, de pessoas que representam a nossa Vila, não dignificam em nada a nossa terra.

Não é por ser, Presidente da Cooperativa Taipas Turitermas (onde toda a Direcção é não remunerada, incluindo o seu Presidente, para que não existam mais dúvidas), que defendo que as taipas seja uma vila termal. Trata-se de uma ideia que venho a defender há muito tempo, quer pelos atributos que acima referi, quer pelo potencial de atracção turística que temos e podemos desenvolver, atraindo assim pessoas, para que nos visitem e ajudem a desenvolver a nossa terra. É com base nestes pressupostos, que tudo vou fazer, para que a concretização destes objectivos seja uma realidade a curto prazo. A direcção da Turitermas está a trabalhar afincadamente para que esta realidade seja visível no mais curto espaço de tempo. Toda a estratégia que estamos e vamos desenvolver irá no sentido de posicionar as Taipas como “Taipas Vila Termal”.

Muito Obrigado e viva Caldas das Taipas!