PUB
Sociedade Protectora dos Animais em dificuldades
Quinta-feira, Agosto 14, 2008

O dinheiro das quotas dos associados já não chega para pagar os tratamentos dos animais abandonados recolhidos, nem as contas inerentes ao funcionamento da associação. Rosário Pereira pede ajuda para continuar trabalho.

A associação vimaranense de protecção dos animais (SPA – Guimarães) encontra-se em dificuldades financeiras. Segundo os seus responsáveis, é cada vez mais difícil suportar as despesas inerentes aos tratamentos dos animais de que cuida, sendo que a associação vive exclusivamente das quotas pagas pelos seus sócios e de campanhas que organiza para arrecadar fundos.

Num comunicado dirigido à imprensa a Sociedade Protectora dos Animais desabafa que já não tem fundos suficientes para suportar as despesas correntes do funcionamento da associação assim como os tratamentos veterinários de que necessitam os animais abandonados que recolhem.

Rosário Pereira, presidente da SPA – Guimarães assegura que é vontade da associação continuar o trabalho que têm desenvolvido, no entanto, a directora clama por ajudar exterior à associação e pela “boa vontade de quem quiser ajudar”.

SPA – Guimarães
NIB 0033.0000.00001317075.78 do Millenium BCP

site SPA – Guimarães

Artigos Relacionados