PUB
Situação dos utentes sem médico de família analisada hoje em Assembleia de Freguesia Extraordinária
Sexta-feira, Março 16, 2007

Números do Centro de Saúde das Taipas apontam para 7500 utentes sem médico de família. A Assembleia de Freguesia Extraordinária de hoje deverá fazer o ponto da situação do défice de médicos nas Caldas das Taipas.

Realiza-se hoje a sessão extraordinária da Assembleia de Freguesia, durante a qual deverá ser analisada a situação do serviço de saúde de Caldas das Taipas.

A sessão, que foi requerida por três eleitos na Assembleia de Freguesia local, surge na sequência de relatos de deficiências no serviço de atendimento, após a abertura da Unidade de Saúde Familiar de Ponte.

Alguns médicos inicialmente nas Caldas das Taipas transferiram-se para aquela unidade de saúde, não tendo havido, em simultâneo, o acompanhamento dos mesmos no que respeita aos utentes. Tal situação criou um excedente de utentes sem médico de família na sede do Centro de Saúde das Caldas das Taipas.

Para Alberto Perez, director do CST, serão implementadas medidas no sentido de reduzir de 4790 para 1100 os utentes sem médico de família na sede do CST.

Artigos Relacionados