PUB
Sindicato das cutelarias reclamam aumento dos salários
Segunda-feira, Outubro 6, 2014

Uma ação de protesto, nas Taipas, levou sindicato dos trabalhadores das cutelarias a exigir aumento do salário mínimo para o setor, para os 600 euros mensais.

Uma iniciativa de protesto levada a cabo, na passada sexta-feira, 3 de outubro, pela GGTP-IN, trabalhadores e Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras Energia e Atividades do Ambiente do Norte, serviu para voltar a trazer a público o descontentamento dos trabalhadores do setor das cutelarias, que reclamam por melhores salários e pelo facto de não terem aumentos, de há alguns anos a esta parte.

Numa resolução aprovada durante o protesto, os trabalhadores exigem que o salário mínimo naquele setor da industria seja fixado nos 600 euros mensais.

Artigos Relacionados