PUB
“Seja um presente para o mundo!” – lema de Rotary 2015-16
Quarta-feira, Junho 8, 2016

O lema de de Rotary International para 2015-16, escolhido pelo presidente Ravi Ravindran, “Seja um presente para o mundo!” e o lema de Rotary “Dar de si antes de pensar em si!”, desde a sua criação há 111 anos, são, na sua essência, o mesmo.

O ato de se doar, de voluntariado, de defender as causas dos outros, dos menos afortunados fruto da situação socioeconómica, geográfica, política ou religiosa une os mais de 1.220.000 rotários, os cerca de 164.000 rotaractistas e 392.000 interactistas, os dois últimos que abarcam as gerações dos 18 aos 30 e dos 12 aos 18 anos, respetivamente. Há menos rotaractistas, porque entram diretos para Rotary, na maior parte dos casos.

Com 17 anos festejados a 27 de maio, o Rotary Club de Caldas das Taipas é um pilar da sociedade com serviço prestado, embora de forma silenciosa. Somos quinze os que se podem reunir semanalmente e se esforçam por fazer a diferença na comunidade e no mundo.

Porque é isso mesmo que fazemos: tentamos melhorar a vida dos que nos rodeiam, torná-la mais leve, enquanto criamos laços de companheirismo e de amizade que nos ajudem nessa tarefa que exige motivação, cooperação e trabalho em equipa, já que um indivíduo sozinho, por muito bom que seja, não consegue fazer nada, pois não tem o apoio de retaguarda, o grupo que tem a mesma missão.

É por isso que, em Rotary, não há políticas, nem crenças religiosas, nem raças, nem géneros que ficam fora da porta ou entram com o respeito devido às opiniões de cada um e a roda dentada democraticamente gira, todos os anos, mudando o presidente e o conselho diretor.

Não é fácil trabalhar assim se não houver o elo do COMPANHEIRISMO, chave do sucesso de Rotary, e o de representarmos diferentes profissões, todas úteis e necessárias ao homem.

Somos uma elite de trabalhadores (alguns com posses, sim!) que arranjam tempo para a família, para a profissão e para o Rotary, a outra família que nos transporta para a escala mundial. Vivemos os problemas daqui, os nossos, mas também os da humanidade que nos comprometemos a defender. Se todos fizéssemos parte de uma elite financeira como o companheiro Bill Gates (R.C. Washington), cuja fundação já doou quase 400.000.000 de dólares para combater a Pólio (paralisia infantil), então já não haveria problemas no mundo e a paz, o nosso objetivo último, já seria uma realidade e nós não teríamos razão para existir. Porém, a grande maioria vive do seu trabalho e doa a sua disponibilidade de tempo, de procurar arranjar meios para implementar um projeto seguindo o exemplo do Papa Francisco (R.C. Buenos Aires).

Ao longo do ano da minha 2ª presidência do clube, com 15 anos de rotária, fiz variadíssimos convites a elementos da comunidade para aumentar o quadro social do clube e, invariavelmente, recebi a mesma resposta: “Não tenho tempo. Já estou metida/o em muitas coisas. Estou muito ocupada/o. Vocês são uma elite.”

Então, aqui fica o convite. Apareçam na sede do clube, no Largo da Botica, nº313, às terças-feiras, pelas 21 horas, para a nossa reunião semanal. A porta está aberta a todos. Venham ver o que ESTA ELITE faz e como trabalha.

Presidente do Rotary Club de Caldas das Taipas 2015-16