PUB
Saiba o que são as taipas de mão e de pilão
Sábado, Novembro 12, 2005

Desta vez as curiosidades à volta da palavra Taipas falam de técnicas de construção que usam a terra como matéria-prima.

Aviso à navegação: os textos estão escritos em português do Brasil.

A utilização da terra como matéria-prima existe há mais de cinco mil anos e com tendências diferentes, dependendo das condicionantes locais e históricas, e continuará sendo, devido ao baixo impacto ambiental provocado por esse material, que consegue ser abundante e nobre ao mesmo tempo.

As taipas de mão e de pilão são técnicas herdadas dos colonizadores, escravos e imigrantes e ainda são empregadas, nas suas variações, em diversas regiões brasileiras.

A TAIPA DE MÃO…
As paredes de taipa de mão (que dependendo da região e da época também recebem o nome de taipa de sebe; pau a pique; barro armado; taipa de pescoção e tapona e sopapo) foram muito empregadas em todo o Brasil desde o início da colonização.

As paredes de taipa de mão do período colonial, quase sempre fazem parte de uma estrutura de madeira bastante rígida, formada por esteios, vigas baldrames, frechais e vergas superiores e inferiores. Serve como vedo de uma estrutura independente ou como paredes internas de edificações com paredes externas de taipa de pilão.

… E A TAIPA DE PILÃO
Recebe esta denominação por ser socada (apiloada) com o auxílio de uma mão de pilão.

A forma que sustenta o material durante sua secagem é denominada de taipal, que até hoje significa componentes laterais de formas de madeira.

A taipa encontrada no período colonial brasileiro é executada com terra retirada de local próximo à construção devido às dificuldades de transporte e ao volume grande de material. As argilas são escolhidas pelo próprio taipeiro que conhecia de forma empírica as propriedades físicas do material e do componente construtivo, selecionando-a com o tato e visualmente.

… e esta, hem?

Artigos Relacionados