PUB
Propostas para o fim de semana à volta do Quadrilátero
Sábado, Julho 18, 2015

Apresentação do livro da exposição “José de Guimarães / Pintura: suites monumentais e algumas variações” decorrerá este sábado (18 de julho), pelas 17 horas, na Plataforma das Artes e Criatividade.

Produção pictórica de José de Guimarães realizada entre 1967 e 1974, durante o período que viveu em Angola, bem como um conjunto de pinturas de grandes dimensões, produzidas a partir dos anos 2000 subordinadas ao tema “Impérios do Fim”, estão documentadas e problematizadas nesta obra.

Em paralelo decorrerá a inauguração da instalação “Ártico: narrativa e fantasmática”, de Pedro Valdez Cardoso, no âmbito da remontagem de “A composição do Ar / coleção permanente e outras obras”. A exposição, que cobre um extenso período de tempo, integra pinturas de grande formato de algumas das séries mais emblemáticas do artista da coleção do CIAJG que serão apresentadas em diálogo com as singulares esculturas em papel policromado e com objetos de madeira pintados que o artista realizou no princípio da década de 1970 e constituirá uma rara ocasião para reconsiderar a importância e a singularidade desta produção.
A percorrer de terça a domingo entre as 1oh e as 19h, até 27 de setembro.

BRAGA, THEATRO CIRCO

Banda Militar do Porto e Orquestra do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga

A Banda Militar do Porto e a Orquestra do Conservatório Calouste Gulbenkian de Braga, sob respetiva direção dos maestros Alexandre Coelho e Paulo Matos, levam ao palco este domingo, pelas 21h30, obras de Strauss, Rossini e Piedade Vaz, entre outros. Este concerto está integrado nas comemorações do 306º Aniversário do Regimento de Cavalaria nº 6 (RC6) e tem como tema “A Cavalaria”. A entrada é gratuita.

Famalicão, de 17 a 19 de julho, Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous
O Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous volta a invadir o centro urbano de Vila Nova de Famalicão com espetáculos de teatro, circo, oficinas de formação, exposições, concertos e sessões de cinema com pequeno-almoço, num fim de semana intenso e com uma programação para todos os públicos.

Propostas para o fim de semana à volta do Quadrilátero
Sexta-feira, Julho 10, 2015

“Novo-Velho Circo”, da Radar 360º e da Companhia Clara Andermatt, no CCVF e Alceu Valença, um dos nomes mais importantes da música brasileira, no Theatro Circo, são as propostas culturais em destaque para este sábado. Nesta sexta-feira, o destaque vai para a Companhia de Dança Contemporânea de Londres, a atuar na Casa das Artes, em Famalicão

“Novo-Velho Circo” abre portas à fantasia e à ilusão, pelas 22h. Trata-se de um espetáculo multidisciplinar, com alicerces nas técnicas circenses e na dança contemporânea. Neste espetáculo, o objetivo é brincar com a perceção, subverter as estruturas da racionalidade e libertar o espetador das cadeias do “princípio da realidade”.

Um dos nomes mais importantes da música brasileira, Alceu Valença, mostra o melhor do seu reportório, a partir de géneros surgidos no agreste e no sertão do Brasil profundo, como o xote, o forró, a toada, o coco e a embolada, entre outros, reprocessados na sua faceta sonora mais cosmopolita. O concerto, no Theatro Circo, está marcado para as 21h30.

A Escola de Dança Contemporânea de Londres apresenta EDge, esta sexta-feira, pelas 21h30, no grande auditório da Casa das Artes, em Famalicão. Será um programa repleto de surpresa e variedade, desde a forma rítmica e movimentos radicais de BANK de Siobhan Davies, às novas comissões de Itamar Serussi que experimenta limites físicos, à artista Eleesha Drennan da Sky Academy Arts que cria trabalhos de imaginação visualmente poéticos e ao artista Robert Clark de Work Place, que usa texto falado paralelamente ao movimento para criar uma dança emocionalmente intensa e humorística.

Em Barcelos, até ao próximo dia 12, poderá percorrer a 33.ª edição da Feira do Livro de Barcelos, instalada na Avenida da Liberdade, Campo 5 de Outubro e Largo da Porta Nova. Com a presença de dezenas de editores e livreiros na Feira, o público terá à sua disposição milhares de livros com descontos apetecíveis e um programa cultural diversificado.

«O Verão é Jazz», promovido pela Convívio Associação Cultural, arranca esta sexta-feira, em Guimarães.
Até 18 de julho, poderá ouvir jazz em diversos locais da cidade.

Este evento resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Guimarães e a Associação Convívio, que pretende reforçar a cidade como uma das capitais do jazz na Europa.

PROGRAMA
10 Julho (Sexta-feira)
17:00 | Xaral’s Dixie (Percurso Itinerante)
18:00 | Quarteto João Santos (Largo da Oliveira)
22:00 | Xara’s Dixie (Associação Convívio)
24:00 | Jam Session (Associação Convívio)

11 Julho (Sábado)
18:00 | Bandstad Blues Band (Largo João Franco)
22:00 | Melissa Oliveira Quinteto (Casa Amarela)
24:00 | Jam Session (Associação Convívio)

12 Julho (Domingo)
17:00 | Paulo Barros Trio (Largo da Oliveira)
18:30 | Richard Okkerse (Praça S. Tiago)

15 Julho (Quarta-feira)
18:30 | Triciclo Vivo (Largo da Oliveira)
22:30 | Free Style Jam Session (Associação Convívio)

16 Julho (Quinta-feira)
19:00 | B-Jazz Coro Escola de Jazz Convívio (Centro Histórico)
22:00 | Mané Fernandes Bouncelab (Laboratório das Artes)
24:00 | Jam Session (Associação Convívio)

17 Julho (Sexta-feira)
18:00 | Combos Escola de Jazz Convívio (Praça S. Tiago)
22:00 | Rita Maria Trio (Terraço do Cineclube)
24:00 | Jam Session (Associação Convívio)

18 Julho (Sábado)
18:00 | Trio AP (Praça S. Tiago)
22:00 | Olvs Big Band (Largo da Oliveira)
24:00 | Festa de Encerramento e Jam Session (Associação Convívio)

Tendo ainda força poderá dar um salto até à Praça de Santiago, no final de tarde de sábado, dia 11, e participar no Sunset Praça. até às 2h da manhã.