PUB
Professores em Greve
Quarta-feira, Dezembro 3, 2008

Os docentes de todos os níveis de ensino oficial estão hoje em greve. Lutam pela suspensão do modelo de avaliação de professores proposto pelo governo.

É mais uma forma de luta, há já algum tempo anunciada, que os professores encontraram para contestarem o modelo de avaliação do pessoal docente, proposto pelo governo português.

As notícias dos principais órgãos de informação nacional davam conta, logo pela manhã, de que esta poderá ser a maior greve realizada pelos professores nos últimos 20 anos.

No caso dos Agrupamentos de Escola à volta das Taipas, o cenário, com números de adesão referentes apenas ao período da manhã, é claramente indicador de uma adesão muito próxima dos 100%. Apenas o Agrupamento de Escolas de Briteiros apresenta números abaixo dos 90% de adesão.

Assim, no Agrupamento Vertical de Escolas das Taipas, em 100 docentes que deveriam estar ao serviço, 98 estão a faltar. Ou seja, apenas dois docentes, um na Escola EB 2/3 e outro numa Escola do 1º Ciclo, estão a trabalhar no período da manhã. Portanto, uma adesão à greve de 98%.

Na Escola Secundária, não conseguirmos até ao momento, apesar de algumas tentativas realizadas, apurar os números oficiais de adesão. Contudo, estamos em condições de adiantar que, naquele estabelecimento de ensino, esta greve estará a ter a maior adesão de sempre. A Escola não está encerrada e embora não hajam números oficias, sabemos que a adesão é bastante elevada, comparativamente com iniciativas do género, realizadas noutras alturas.

No caso do Agrupamento de Escolas Arqueólogo Mário Cardoso, em Ponte, apenas duas escolas, num total de seis, se encontram em funcionamento. Ao que apuramos, estão a trabalhar 3 professores na EB 2/3 e 2 numa Escola do 1º ciclo.

Em Briteiros, à informação que recolhemos, o cenário desvia-se um pouco das situações descritas acima. Foi-nos informado que dos 117 professores que deveriam estar a trabalhar, 80 aderiram à greve. Ou seja perto de 70% do corpo docente está em greve. Do total de 12 estabelecimentos de ensino integrados no Agrupamento de Escolas de Briteiros, 8 encontram-se completamente encerrados.

Texto: Manuel António Silva

Artigos Relacionados